FRAGATA ALBORZ DO IRÃ RETORNA AO PAÍS APÓS IMPLANTAÇÃO NO MAR VERMELHO

Teerã, IRNA – O destróier iraniano Alborz retornou às águas iranianas após uma missão de 91 dias no Mar Vermelho e no Golfo de Aden, sendo substituído pela fragata Alvand que entrou no Mar Vermelho no sábado.

A 94ª flotilha de navios de guerra da Marinha iraniana, que inclui o destróier Alborz, foi recebida pelos comandantes da Marinha na 1ª Região Naval baseada em Bandar Abbas, no sul da província de Hormozgan, no sábado.

O Contra-Almirante Farhad Fattahi, comandante sênior da Marinha na 1ª Região Naval, deu as boas-vindas à flotilha e ao seu estado-maior.

“A presença das frotas navais estratégicas da Marinha no Golfo de Aden e no Mar Vermelho… traz orgulho à grande nação do Irã e é um espinho [no lado] dos inimigos humilhados da nação iraniana”, disse o comandante.

Fragata IRINS Alborz (72), Classe Alvand (Vosper Mk 5) lançando míssil em exercício
Fragata IRIS Alvand (71)

A flotilha foi enviada para o Mar Vermelho em meio às crescentes tensões na região devido à guerra genocida do regime israelense na Faixa de Gaza.

As forças armadas iemenitas têm como alvo navios ligados a Israel e aqueles com destino aos territórios ocupados desde meados de Novembro, em solidariedade com os palestinianos em Gaza.

As tensões aumentaram ainda mais quando os Estados Unidos e o Reino Unido lançaram os ataques aéreos coordenados em curso contra alvos iemenitas, em 11 de Janeiro. 

Fonte: IRNA

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *