BÉLGICA PLANEJA FORNECER À UCRÂNIA BLINDADOS M113 RETIRADOS DE SERVIÇO HÁ 10 ANOS

O Conselho de Ministros da Bélgica aprovou na sexta-feira (16) o 15º pacote de ajuda à Ucrânia, avaliado em 11 milhões de euros (R$ 57,9 milhões), informa mídia local.

A ministra da Defesa, Ludivine Dedonder, anunciou que o novo lote de assistência incluirá veículos blindados de transporte de tropas M113 retirados do serviço há dez anos. Antes de serem fornecidos, os veículos serão reparados pela indústria militar belga.

“O apoio à Ucrânia não é uma competição entre países parceiros, mas sim o resultado de uma abordagem coerente destinada a dar a melhor resposta possível às necessidades no terreno. Este novo pacote de ajuda responde plenamente a esta abordagem”, declarou Dedonder.

Na semana passada, o governo belga aprovou a compra e a entrega de munições de calibre 105 mm, no valor de 32 milhões de euros (R$ 168,6 milhões). A nova ajuda militar visa responder aos pedidos específicos da Ucrânia aos países do Ocidente e faz parte da coordenação entre os países do grupo de contato sobre a Ucrânia.

No total, desde o início da operação militar russa na Ucrânia, os países membros da OTAN forneceram à Ucrânia ajuda militar no valor de cerca de US$ 65 bilhões (R$ 313 bilhões), de acordo com o Pentágono.

Moscou declarou repetidamente que a ajuda militar ocidental não augura nada de bom para a Ucrânia e apenas prolonga o conflito, enquanto os transportes com armas se tornam um alvo legítimo para a Força Aeroespacial russa.

Fonte: Sputnik Brasil

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *