RÚSSIA DESTRÓI EM ODESSA NAVIO UCRANIANO E DEPÓSITO DE MÍSSEIS HARPOON

Forças Armadas da Rússia atingiram com misseis de alta precisão o território de um estaleiro naval em Odessa, destruindo um navio na doca e um depósito de mísseis Harpoon fornecidos pelos EUA, informou neste domingo (24) o representante oficial da Defesa russa, tenente-general Igor Konashenkov.

“No porto marítimo de Odessa, no território de um estaleiro de reparação naval, com mísseis de alta precisão e grande alcance de baseamento naval foram destruídos um navio de guerra ucraniano que se encontrava na doca e um depósito de mísseis antinavio Harpoon fornecidos pelos EUA ao regime de Kiev”, disse Konashenkov.

A entidade militar russa informou ainda que, nas últimas 24 horas, os sistemas de defesa antiaérea destruíram cinco drones ucranianos, além de terem interceptado dez projéteis de sistemas de lançamento múltiplo de foguetes Uragan e HIMARS nas regiões de Zaporozhie e Kherson e na República Popular de Donetsk (RPD).

Lançamento de mísseis contra alvos militares ucranianos no porto da cidade de Odessa.

O representante do ministério russo disse que as Forças Armadas do país destruíram meios aéreos ucranianos em um aeródromo na região de Kirovograd.

“Com um ataque de mísseis de longo alcance e alta precisão de baseamento aéreo e naval foram atingidos meios aéreos da Força Aérea da Ucrânia implantados no aeródromo militar de Kanatovo na região de Kirovograd”, disse Konashenkov.

Informa-se também que forças russas eliminaram na República Popular de Donetsk 70% do efetivo militar de dois batalhões da 10ª Brigada das tropas ucranianas.

Além disso, aviação de combate destruiu nas últimas 24 horas nove postos de comando, sete depósitos de combustíveis e munição, bem como dois obuseiros M777 dos EUA.

“Nas últimas 24 horas foram atingidos: nove postos de comando, incluindo o posto de comando conjunto do grupo de tropas Kakhovka na vila de Zhovtnevoe na região de Nikolaev e dois postos de comando das 54ª e 65ª brigadas mecanizadas das Forças Armadas da Ucrânia” na RPD e na região de Zaporozhye.

No total, desde o início da operação militar especial, foram eliminados 260 aviões, 144 helicópteros, 1.605 drones, 357 sistemas de defesa antiaérea, 4.156 tanques e outros veículos blindados de combate, 763 lançadores múltiplos de foguetes, 3.196 peças de artilharia de campanha e morteiros e 4.457 veículos militares especiais do Exército ucraniano, concluiu o representante do Ministério da Defesa russo.

Fonte: Sputnik Brasil

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.