MARINHA DO IRÃ AUMENTA A CAPACIDADE DE MÍSSEIS DOS NAVIOS DA CLASSE “SINA”

O exercício naval intitulado “Segurança Sustentável” da Marinha do Irã, terminou nesse sábado no Mar Cáspio.

Segundo a Marinha do Irã, terminou nesse sábado, dia 9, o exercício “Segurança Sustentável 1401”, que treinou meios de superfície e aéreos da força, inclusive drones e guerra eletrônica, na região do Mar Cáspio.

Nos meios empregados observou-se um melhoria no sistema de mísseis antinavio do Navio de mísseis da classe ‘Sina’, 234 “Separ”, que agora possui dois sistemas quádruplos de mísseis apontados para cada bordo, ao invés de dois sistemas duplos como era anteriormente.

Um outro navio da mesma classe, o Joshan (P225) que também participou do exercício, ainda não passou pela modernização, estando apenas com dois lançadores duplos de mísseis. Infelizmente, não temos o cronograma de instalação dos outros navios da classe para divulgar.

A classe Sina é a versão iraniana da classe alemã “La Combattante IIa” adotada pela marinha daquele país, pela Grécia e Líbia. O Irã opera nessa classe os mísseis antinavio C-802 de procedência chinesa.

A classe possui comprimento de47 metros, velocidade de cruzeiro de 35 nós (mais de 64 quilômetros por hora).

Navio de mísseis IRINS Joshan (P225) classe Sina passando à contrabordo da corveta IRIS Hamzeh 802

Por Graan Barros

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.