RÚSSIA ESTÁ EMPREGANDO FORMAÇÃO DE QUATRO SU-57 CONTRA DEFESA ANTIAÉREA DA UCRÂNIA

Militares russos empregaram durante a operação militar especial na Ucrânia uma esquadrilha composta por quatro caças Su-57 interligados em uma rede de informações unificada com objetivo de destruir objetivos de defesa antiaérea, informou à Sputnik uma fonte informada.

“No âmbito da operação militar especial, a Força Aeroespacial da Rússia realizou uma operação para identificar e destruir sistemas de defesa antiaérea da Ucrânia usando uma esquadrilha de quatro novíssimos aviões de combate multipropósito Su-57″, disse fonte.

O interlocutor da agência ressaltou que “a integração dos aviões em um único espaço de informação aumenta a eficácia da identificação e eliminação dos alvos”, acrescentando que durante a missão o Su-57 foi capaz confirmar a sua baixa visibilidade de radar.

Veja também:

O caça polivalente de quinta geração Su-57, fabricado em série desde 2019, realizou seu primeiro voo em 2010. Previamente chamado de PAK FA, o Su-57 é um jato destinado a executar missões de ataque e de caça e a destruir todos os tipos de alvos aéreos, terrestres e navais de superfície.

De acordo com os desenvolvedores, a combinação da alta manobrabilidade do caça com sua capacidade de voo supersônico, bem como o equipamento de bordo avançado e baixa visibilidade, garantem a superioridade do Su-57 em comparação com os concorrentes.

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.