INTELIGÊNCIA DO IRÃ PRENDE 3 AGENTES DO MOSSAD QUE TINHAM PLANOS DE ASSASSINAR CIENTISTAS NUCLEARES IRANIANOS

Agentes israelenses estavam em território persa para coletar informações e documentos confidenciais além de terem planos para assassinar cientistas nucleares.

Nesta terça-feira (21), as forças do Ministério de Inteligência do Irã, nas províncias de Sistan e Balouchestan, ao sudoeste iraniano, capturaram três indivíduos que tinham ligações com a agência de espionagem Mossad de Israel, segundo a agência Tasnim.

De acordo com a pasta, os três detidos estavam envolvidos na divulgação de informações e documentos confidenciais.

Ao mesmo tempo, o procurador-geral da região, Mahdi Shamsabadi, informou que os agentes tinham planos de assassinar cientistas nucleares iranianos e foram presos em uma complicada operação de inteligência após oito meses de atividades de monitoramento cuidadosos.

Segundo a mídia, foram reunidas amplas provas contra os agentes, de tal forma que não fizeram nenhuma objeção quando um mandado de prisão foi emitido.

“Os réus confessaram que alguns deles estiveram em contato direto com oficiais do Mossad”, disse Shamsabadi.

Do lado israelense, ao longo do mês de junho, o Estado judeu pediu a cidadãos que saíssem da Turquia por medo de ataques da República Islâmica.

“Após uma série de tentativas de atentados terroristas iranianos nessas últimas semanas contra os israelenses de férias em Istambul, pedimos aos israelenses que não peguem o avião para Istambul […]. Se você se encontra lá, volte para Israel o quanto antes”, declarou o ministro israelense das Relações Exteriores, Yair Lapid, citado pelo The Times of Israel.

Fonte: Sputnik Brasil

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.