DRONES SUICIDAS SÃO ABATIDOS APÓS SEREM DIRIGIDOS CONTRA BASE DOS EUA NO IRAQUE

Um vídeo com os sistemas C-RAM dos EUA na Base Aérea de Ain Al Asad no Iraque, mostram o momento em que dois drones suicidas foram engajados e abatidos. A base ficou conhecida porque foi atacada pelo Irã em represália ao assassinato do General Qassem Soleimani, em 2020.

O General Soleimani foi morto em 3 de janeiro de 2020, aos 62 anos de idade, em um ataque de drones perto do aeroporto de Bagdá ordenado pelo então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O assassinato parece seguir uma lógica dos EUA de matar antigos “aliados”. Há três anos, a emissora americana CNN tratava o General Soleimani como um herói que lutava contra o Estado Islâmico (também chamado de Daesh ou ISIS) em parceria com os Estados Unidos.

O presidente iraniano, Ebrahim Raisi, disse na segunda-feira que Trump deve ser julgado pelo assassinato ou Teerã se vingará.

Atualmente, ainda existem quase mil soldados americanos na Síria e outros 2.500 no Iraque.

Relembre como foi o ataque do Irã:

Por Graan Barros

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.