NOITE DE HOMENAGENS E MUITA EMOÇÃO MARCAM AS COMEMORAÇÕES PELOS 100 ANOS DE BLINDADOS NO BRASIL

Santa Maria (RS) – Santa Maria, no Rio Grande do Sul, foi palco das comemorações do Centenário dos Blindados no Brasil. Na noite de segunda-feira, dia 8 de novembro, a capital nacional dos blindados voltou as suas atenções para o 1° Regimento de Carros de Combate, onde uma solenidade reuniu autoridades civis e militares, como o Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto; o Comandante do Exército, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira; e o Comandante Militar do Sul, General de Exército Valério Stumpf Trindade. Coordenado pela 3ª Divisão de Exército (3ª DE), o Centro de Instrução de Blindados e as organizações militares subordinadas à 3ª DE brindaram os presentes com uma apresentação de som, luzes e muita história militar – um espetáculo  que contou a origem da tropa blindada do Exército Brasileiro. A riqueza e o cuidado estavam em cada detalhe. Sob os olhares atentos da assistência, desfilaram desde o primeiro blindado adquirido pela Força Terrestre, o Renault FT-17, até as modernas Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal Guarani. Cada modelo empregado pelo Exército, no passado e no presente, marcou presença na cerimônia. Os mais antigos, como o FT-17, o Fiat Ansaldo CV 3/35 II, o M8 Greyhound e o Half-Track, entre outros, foram todos recuperados e abrilhantaram a noite.

Homenagens

Outro ponto alto da celebração foi a homenagem ao Patrono, Marechal José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque. Graças à sua experiência na França, durante a I Guerra Mundial, os primeiros FT-17 chegaram ao Brasil. Como Comandante da Companhia de Carros de Assalto, colocou a Força Terrestre a par do que havia de mais moderno em doutrina e material de emprego militar, alçando o País à vanguarda do emprego de meios blindados na América Latina.

O Comandante do 1°  Esquadrão de Reconhecimento da 1ª Divisão de Infantaria Expedicionária, General Plínio Pitaluga, e todos os integrantes da Força Expedicionária Brasileira também foram homenageados pela tropa.

Medalha do Mérito Combatente Blindado

Durante a cerimônia, militares da ativa e da reserva receberam a Medalha do Mérito Combatente Blindado. Instituída pelo Comando do Exército, é um reconhecimento às tradições castrenses, aos pioneiros, veteranos e àqueles que continuam, no presente, com o trabalho árduo e preciso nas OM de combate e apoio, mecanizadas, de manutenção, de Engenharia, de Material Bélico e Logísticas do Exército.

Modernização da tropa blindada

O Comandante Militar do Sul, General Stumpf, ressaltou a importância da modernização da frota blindada. Segundo o general, o Brasil precisa ter um poder dissuasório compatível com o tamanho e com a importância que possui no cenário internacional.

“Equipar as Forças Armadas não se faz do dia para a noite. Investir em defesa é também estimular a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico, fomentar a indústria e reduzir a dependência externa. A parceria entre o Exército, a Academia e a Indústria é fundamental para a defesa nacional. Esse processo sinérgico se reflete também na qualificação de mão de obra, na geração de emprego e de renda e no desenvolvimento do Brasil”, destacou.

O Comandante do Exército, General Paulo Sérgio, elogiou a solenidade. Com a boina preta, marca do combatente blindado, ele destacou que o Exército precisa acompanhar o desenvolvimento tecnológico.

“Os nossos blindados têm que acompanhar esse desenvolvimento para que a gente possa ter os meios necessários para defender a Pátria. Estamos entregando, na semana que vem, o Guarani de número 500 ao Exército Brasileiro. Uma viatura blindada, altamente tecnológica, com vários países interessados em adquiri-la. Vamos chegar a quase dois mil carros. Então nossas tropas blindadas e mecanizadas ficarão muito bem”. O Comandante destacou, ainda, que o Exército trabalha na aquisição de um lote da Viatura Blindada de Cavalaria 8X8.

Fonte: Comandante Militar do Sul

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *