OTAN IMPEDE QUE FRAGATA BELGA PARTICIPE DE EXERCÍCIO DEVIDO À INEXPERIÊNCIA DA TRIPULAÇÃO

A fragata da Marinha belga Leopold I não está autorizada a participar no exercício naval “Joint Warrior” da OTAN. A jovem tripulação da embarcação foi considerada insuficientemente treinada e não atingiu os padrões exigidos para permitir que o Leopold I participasse do exercício. Um oficial da marinha disse à VRT News que “Este é um fiasco sem precedentes para nossa Marinha”. Enquanto isso, o Departamento de Defesa confirmou que a fragata permanecerá ancorada no porto holandês de Den Helder.

A Marinha belga havia anunciado com certo entusiasmo que o Leopold I participaria do exercício da OTAN. No entanto, constatou-se que a jovem tripulação do Leopold I carece de treinamento para ser capaz de participar com segurança de um exercício naval internacional.

Como vemos no víde acima, em 2020 a tripulação da fragata participou sem problemas do mesmo exercício.

O porta-voz da Marinha belga, Olivier Vogels, disse ao VRT News que “somos em parte vítimas do fato de que o jovem guarda teve que ser treinado muito rapidamente. Além disso, todos a bordo deveriam ser capazes de realizar dois ou três trabalhos diferentes. Isso é algo exclusivo da Marinha e exige que os jovens velejadores recebam de duas a três vezes mais treinamento”.

As questões de preparação foram numerosas, mas acima de tudo centradas em procedimentos de segurança, como combate a incêndios. “Quando se trata de segurança, não comprometemos. Partir com uma equipe que não está totalmente preparada e treinada não é uma opção ”.

Um oficial da marinha que deseja permanecer anônimo disse à VRT News que “diante de um recrutando tão recente não há mais tempo para oferecer um treinamento decente. Esse tipo de exercício é uma experiência única para a tripulação. O Leopold I não poder participar é inédito. Ninguém se lembra de que isso tenha acontecido antes. O ministro da defesa Ludivine Dedonder quer que contratemos e treinemos novos recrutas como loucos, mas para isso é necessário tempo treinar pessoal. Muitas veze falta”.

Pior ainda é que o Leopold I faz parte do Standing NATO Maritime Group, um dos quatro grupos de missão marítima permanentes da OTAN. Supõe-se que estes estejam constantemente disponíveis para realizar uma ampla gama de tarefas em nome da OTAN.

Olivier Vogels disse à VRT News que esforços estão sendo feitos para trazer os níveis de treinamento da tripulação do Leopold I. “Durante as últimas três semanas, a tripulação recebeu treinamento e exercícios extras. Trouxemos treinadores extras com muita experiência. Tudo bem e se a tripulação passar em alguns testes que terão que fazer, o Leopold I deverá poder se juntar aos outros navios que farão parte do exercício na próxima semana ”.

Fonte: VRT News

02/10/2021

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.