LEONARDO: ACORDO TÉCNICO PARA TREINAMENTO DE PILOTOS MILITARES JAPONESES NA ITÁLIA

O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Italiana, General Alberto Rosso, e o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Japonesa de Autodefesa (JASDF), General Shunji Izutsu, assinaram hoje um importante acordo técnico sobre o treinamento de pilotos militares japoneses.

O acordo técnico foi firmado na “modalidade a distância”, por meio de uma conexão entre os escritórios dos dois generais na Itália e no Japão. Graças a esse acordo, os pilotos militares japoneses participarão de cursos de treinamento avançado (Fase IV) em Vôo Internacional Escola de Treinamento (IFTS) .O IFTS é um projeto conjunto da Força Aérea Italiana e Leonardo, que inclui também uma parceria industrial entre Leonardo e CAE para a manutenção / suporte da frota de aeronaves e simuladores.

O interesse do Japão nas capacidades de treinamento desenvolvidas pela Força Aérea Italiana foi consolidado após uma série de discussões e iniciativas que culminaram com uma visita à 61ª Ala na Base Aérea de Lecce-Galatina em setembro de 2020. Foi quando uma delegação da JASDF foi capaz de Aprecie a excelência do sistema de treinamento da Força Aérea Italiana, particularmente o Sistema de Treinamento Integrado desenvolvido por Leonardo e centrado na aeronave T-346A.

O acordo técnico recém-assinado permite um aumento gradual na entrada de alunos pilotos do JASDF nos próximos anos. Futuramente, os instrutores japoneses poderão ser recebidos na escola para trabalhar lado a lado com os colegas italianos, numa abordagem que favoreça a troca de experiências, a otimização e padronização de procedimentos, em benefício de todos os operadores do setor.

O Japão é o terceiro país, depois do Catar e da Alemanha, a escolher a International Flight Training School (IFTS) para seus pilotos.

O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Italiana, General Alberto Rosso, antes de assinar o documento, sublinhou o seu profundo significado: “Hoje é uma data importante e histórica. Tenho o orgulho e a honra de poder assinar este acordo, que traçará para ambos os países o caminho para crescermos juntos, para partilharmos competências profissionais, permitindo aos nossos colaboradores trabalhar em contacto próximo, sinergia e amizade. Este é mais um passo importante na colaboração entre nossas Forças Aéreas: já estamos cooperando com grande sucesso em muitas áreas, por exemplo, tendo plataformas comuns como a aeronave F-35 e o tanque KC-767. […] A distância que hoje nos separa é apenas geográfica, mas nossos países estão próximos, unidos em sintonia em muitos temas e historicamente conectados. Lembramos, por exemplo,

O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea de Autodefesa do Japão (JASDF), General Shunji Izutsu, comentou: “Assinando hoje o acordo técnico, agradeço profundamente o amplo apoio e cooperação de sua equipe e de sua equipe. Acredito que este é um passo significativo para aprofundar a cooperação de defesa e os intercâmbios entre a Koku-Jieitai (Força Aérea de Autodefesa do Japão) e a Força Aérea Italiana. Esta é uma de suas grandes conquistas. Permita-me estender meu sincero respeito por suas realizações e gratidão por sua contribuição para o relacionamento Japão-Itália. Eu realmente desejo seu sucesso e prosperidade contínuos, e progresso para a Força Aérea Italiana. ”

A International Flight Training School (IFTS) é o resultado de uma colaboração estratégica entre a Força Aérea Italiana e o Leonardo, que visa o estabelecimento de um centro de treinamento de vôo avançado com sede na Itália. É um exemplo virtuoso de colaboração e sinergia público-privada, capaz de atender à crescente demanda dos países parceiros pela formação de seus pilotos nos mais elevados padrões. O projeto pretende duplicar a oferta formativa de hoje, criando um novo centro de formação distribuído entre as bases de Galatina e Decimomannu, na Sardenha, onde se encontra em construção o novo Campus IFTS. Será uma verdadeira academia de aviação com capacidade para receber alunos, técnicos e com alojamento, assim como zonas recreativas, refeitório, instalações desportivas. As suas infra-estruturas de manutenção logística assegurarão o funcionamento da frota de 22 aviões M-346 (designados T-346A pela Força Aérea Italiana). Todo um edifício abrigará o Ground Based Training System (GBTS), com salas de aula e a instalação de um moderno sistema de treinamento baseado em dispositivos de simulação de última geração.

A parceria entre a Força Aérea Italiana e Leonardo combinou o know-how estabelecido da Força Aérea e a excelência de Leonardo em sistemas de treinamento integrado de pilotos militares, maximizando a relação custo-benefício para a Força Aérea Italiana, enquanto fortalecia o papel internacional desempenhado por Leonardo como Provedor de Serviços de Treinamento. ”

Fonte: Leonardo

Roma, 26 de outubro de 2021

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.