NAVAL GROUP LANÇA ARA CONTRAALMIRANTE CORDERO, O QUARTO E ÚLTIMO NAVIO DE PATRULHA OFFSHORE ARGENTINO

O último dos quatro Navios de Patrulha Offshore 87 (OPV 87) encomendados ao Grupo Naval pela Marinha Argentina, o ARA Contraalmirante Cordero , foi lançado nesta terça-feira, 21 de setembro, em Concarneau.

Este lançamento faz parte do contrato assinado pelo Grupo Naval com a Argentina em 2018 para o fornecimento de quatro embarcações multi-missão de patrulha offshore. ARA Bouchard (ex-L’Adroit) foi entregue em dezembro de 2019 e ARA Piedrabuena em 13 de abril de 2021. ARAStorni foi lançado em 10 de maio de 2021 e será entregue em outubro próximo, de acordo com o cronograma contratual original e apesar da situação de saúde global .

A última embarcação da série terá os mesmos ativos e características do ARA Piedrabuena e do Storni. Beneficia de um sistema motorizado otimizado, um sistema de estabilização ativa e um propulsor de proa. Também é “comprovado pelo gelo”, ou seja, adaptado à navegação nas águas frias da Antártica.

Olivier Michel, Vice-presidente de Vendas para a América Latina, disse: “Estamos muito satisfeitos com a excelente cooperação que existe entre a Marinha Argentina, o Grupo Naval e a Kership neste programa. As embarcações já entregues estão atualmente em operação quase permanente e permitir à Marinha argentina realizar as operações essenciais à defesa dos interesses soberanos argentinos. Estamos muito satisfeitos que esta nova unidade fortalecerá esta capacidade operacional. Além deste projeto, o Grupo Naval continua plenamente mobilizado para oferecer suas soluções às forças navais argentinas. ”

Jean-Claude Flandrin, Diretor do Programa, acrescentou: «Beneficiando das inovações oferecidas pelo Grupo Naval e comprovadas pela Marinha Francesa, estas quatro embarcações polivalentes de última geração foram projetadas especificamente para as necessidades da Marinha Argentina para capacitar as tripulações para realizar seus missões em ótimas condições de segurança. Orgulhamo-nos da confiança que a Marinha argentina nos depositou e saudamos o empenho das equipas da Marinha argentina e das equipas de desenho e produção, que nos permitem assegurar a entrega em Concarneau do ARA Storni e do ARA Contraalmirante Cordero nos próximos meses, de acordo com o cronograma contratual. “

OPV 87, um navio inovador

Os navios argentinos de patrulha offshore se beneficiam das inovações desenvolvidas pelo Grupo Naval e do mar comprovadas pela Marinha da França, que opera L’Adroit em vários oceanos há seis anos para múltiplas operações de segurança marítima, sozinha ou em cooperação com outras Marinhas:

  • Resistência muito elevada e excelente navegabilidade;
  • Um design inovador inspirado nas melhores técnicas utilizadas na indústria de defesa naval;
  • Uma visibilidade de 360 ​​° da ponte e um mastro exclusivo para uma cobertura de radar panorâmica;
  • A implementação discreta e segura em menos de cinco minutos de embarcações rápidas para as Forças Especiais graças a um engenhoso sistema de rampa na proa do patrulheiro;

Esta gama de navios também se beneficia da expertise do Grupo Naval em sistemas de informação e comando, permitindo uma ampla vigilância do espaço marítimo e a detecção de comportamentos suspeitos. O ARA Contraalmirante Cordero está equipado com o sistema Polaris e o sistema de link de dados táticos NiDL, desenvolvido especificamente pelo Grupo Naval para missões de estado no mar e provadas pela Marinha Francesa.

Características técnicas

O Navio de Patrulha Offshore é capaz de permanecer em alto mar por mais de três semanas, atingir uma velocidade de 20 nós e acomodar um helicóptero. Implementado por uma tripulação reduzida de 40 membros, também é capaz de acomodar cerca de vinte passageiros extras.

  • Comprimento: 87 metros
  • Feixe: 14 metros
  • Deslocamento: 1.650 toneladas
  • Máx. velocidade: mais de 20 nós
  • Hospedagem: 59 (tripulantes e passageiros)
  • Resistência:> 7.000 milhas náuticas
  • Capacidade de embarque: duas embarcações leves de 9 metros e um helicóptero da classe de 10 toneladas

Fon

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.