USS HERSHEL “WOODY” WILLIAMS E FRAGATA INDEPENDÊNCIA REALIZAM EXERCÍCIO CONJUNTO NA OPERAÇÃO GUINEX

GOLFO DA GUINÉ – A Base Naval Expedicionária USS Hershel “Woody” Williams (ESB 4) participou da primeira iteração do exercício liderado pelo Brasil no Golfo da Guiné denominado Operação Guinex com a Fragata Brasileira Independência, em 23 de agosto de 2021.

O Guinex é o primeiro exercício na costa atlântica da África a ter a participação de embarcações navais dos Estados Unidos e do Brasil. O compromisso destaca o interesse comum dos EUA e do Brasil na segurança marítima e na liberdade de comércio no Atlântico Sul.

Um representante da Guarda Costeira dos Estados Unidos, Tenente Carl M. Eschler, também embarcou a bordo da Independência para participar do exercício.

O exercício será executado de agosto a setembro de 2021.

“Este é um exercício importante para as duas marinhas”, disse o capitão Chad Graham, oficial comandante do USS Hershel “Woody” Williams. “Foi um prazer trabalhar com os brasileiros e ter seu pessoal embarcado conosco, e esperamos futuras oportunidades de cooperação”.

Enquanto estava no mar, Hershel “Woody” Williams conduziu pequenos barcos e exercícios de visita, embarque, busca e apreensão (VBSS), bem como exercícios de manobra.

“Os exercícios que realizamos com os brasileiros durante a Operação Guinex aumentaram nossa consciência sobre as melhores formas de combater a pirataria e as operações de pesca ilícita na região”, disse Graham.

Hershel “Woody” Williams concluiu recentemente um exercício de segurança marítima com a Marinha da Nigéria e membros do Esquadrão Especial de Barcos de Gana.

O USS Hershel “Woody” Williams é o primeiro navio de guerra permanentemente atribuído à área de responsabilidade do Comando dos EUA para a África. Os EUA compartilham um interesse comum com as nações parceiras africanas em garantir a segurança, a proteção e a liberdade de navegação nas águas que cercam o continente, porque essas águas são essenciais para a prosperidade da África e o acesso aos mercados globais.

Por mais de 70 anos, as forças da Sexta Frota dos EUA estabeleceram relacionamentos estratégicos com nossos aliados e parceiros e solidificaram uma base de valores, experiências e visão compartilhados com o objetivo de preservar a segurança e a estabilidade.

A classe de navio ESB é uma plataforma altamente flexível que pode ser usada em uma ampla gama de operações militares. Atuando como uma base marítima móvel, eles fazem parte da infraestrutura de acesso crítica que suporta o desdobramento de forças e suprimentos para apoiar as missões atribuídas.

Veja fotos exclusivas da visita do Hershel Wood Williams ao Brasil em 2018.

O USNS HERSHEL “WOOD” WILLIAMS VISITA O RIO DE JANEIRO

A US Sixth Fleet, com sede em Nápoles, Itália, conduz todo o espectro de operações conjuntas e navais, muitas vezes em conjunto com parceiros aliados e interagências, a fim de promover os interesses nacionais dos EUA, segurança e estabilidade na Europa e na África.

Fonte: US Naval Forces Europe-Africa / US Sixth Fleet Public Affairs

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.