RIO DE JANEIRO TERÁ CONCEITO DE OPERAÇÃO UAM; EVE DA EMBRAER LIDERA O GRUPO DE TRABALHO

Rio de Janeiro – Brasil, 30 de agosto de 2021 – Eve Urban Air Mobility, spinoff da Embraer, está cooperando com parceiros estratégicos e entidades governamentais para o desenvolvimento de um novo conceito de operações (CONOPS) para o futuro mercado de Mobilidade Aérea Urbana (UAM ) ocorrendo no Rio de Janeiro. O objetivo é converter o conhecimento adquirido em dados de trabalho e estrutura de análise para orientar todos os aspectos operacionais do futuro do UAM.

Sob a coordenação de Eve, a iniciativa reúne a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil do Brasil) e o DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo do Brasil) para avaliar a infraestrutura existente e as soluções de gerenciamento de tráfego aéreo (ATM) para habilitar com segurança as operações do UAM por meio do desenvolvimento de futuros tecnologias.

A colaboração substancial do CONOPS inclui parceiros como Helisul Aviation, uma das maiores operadoras de helicópteros da América Latina; Skyports, uma empresa que projeta, constrói e opera vertiports; Flapper, uma plataforma independente para voos on-demand; EDP, uma das maiores empresas do setor energético. Também estão incluídos neste projeto o Beacon, spinoff da EmbraerX com uma plataforma que conecta o ecossistema de serviços de manutenção da aviação, e a Atech, empresa do Grupo Embraer responsável pelo desenvolvimento, implantação e suporte de sistema de controle aéreo e gestão de tráfego aéreo (civil e militares).

Todas as partes trabalharão para introduzir e acelerar com segurança o crescimento do mercado de UAM no Brasil e contar com o apoio do RIOgaleão, responsável pelo Aeroporto Internacional Tom Jobim e Aviação Universal do Rio de Janeiro, uma das maiores empresas de apoio aeroportuário, além da Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG, Associação Brasileira de Aviação Geral).

“Queremos explorar conceitos novos e práticos para facilitar a introdução segura da indústria da mobilidade aérea urbana no Brasil. Nesta etapa inicial, descreveremos as principais características e requisitos do ecossistema, na perspectiva dos usuários, parceiros, entidades e departamentos governamentais envolvidos “, disse André Stein, CEO de Eve. “De acordo com a evolução do conceito, vamos conceber como viabilizar o propósito de democratizar a mobilidade aérea urbana de forma segura, econômica e acessível”.

Essa primeira simulação acontecerá até o final do ano no Rio de Janeiro. Helicópteros convencionais serão utilizados para simular a decolagem e aterrissagem elétrica vertical da Eve (eVTOL), também conhecida no mercado como EVA (Electrical Vertical Aircraft). A aeronave de Eve será totalmente elétrica, amiga da comunidade, com baixo ruído e zero emissões de carbono.

A aeronave foi projetada como um meio centrado no ser humano de aproximar as pessoas de seus destinos de maneira eficiente e confortável. O desenvolvimento de soluções inovadoras da UAM garante acesso seguro e equitativo ao espaço aéreo urbano de forma agnóstica, usando uma variedade de helicópteros convencionais, aeronaves de asa fixa e, em um futuro próximo, EVA. Este trabalho colaborativo com as partes interessadas da UAM alavancará a capacidade operacional para oferecer uma experiência aérea urbana positiva.

Sobre o grupo de trabalho CONOPS

O grupo de trabalho liderado por Eve Urban Air Mobility começou a trabalhar em agosto de 2021 em um conceito de operações (CONOPS) para integrar a mobilidade aérea urbana ao espaço aéreo brasileiro, começando na cidade do Rio de Janeiro. Mais de 50 membros de instituições como ANAC, DECEA, Helisul, Skyports, Flapper, EDP, Beacon, Atech, RioGaleão, Universal Aviation e ABAG colaboram nesta iniciativa inovadora.

Este CONOPS reúne especialistas em mobilidade para o ecossistema UAM, mapeando as operações e serviços para antecipar as necessidades dos usuários, da comunidade e de outras partes interessadas. A Universal Aviation e a ABAG colaboram nesta iniciativa inovadora. Este CONOPS reúne especialistas em mobilidade para o ecossistema UAM, mapeando as operações e serviços para antecipar as necessidades dos usuários, da comunidade e de outras partes interessadas. A Universal Aviation e a ABAG colaboram nesta iniciativa inovadora. Este CONOPS reúne especialistas em mobilidade para o ecossistema UAM, mapeando as operações e serviços para antecipar as necessidades dos usuários, da comunidade e de outras partes interessadas.

Fonte: Embraer

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.