AERONAVE ELÉTRICA DEMONSTRADORA DA EMBRAER INICIA CAMPANHA DE TESTES DE VOO DA AERONAVE ELÉTRICA

São José dos Campos, Brasil, 13 de agosto de 2021 – Na jornada rumo a um futuro líquido de emissões zero de carbono, outra iniciativa da Embraer atingiu um novo patamar com o início da campanha de testes em vôo da aeronave demonstradora elétrica. Desenvolvido para avaliar novas tecnologias e soluções que viabilizam a propulsão 100% elétrica e aeronáutica mais sustentável, o demonstrador realiza testes nas instalações da Embraer em Gavião Peixoto, em São Paulo, Brasil.

Este é mais um passo promissor na bem-sucedida cooperação científica e tecnológica que reúne a Embraer e dois renomados fornecedores de soluções de mobilidade elétrica, WEG e EDP. A estratégia de inovação aberta acelerou o desenvolvimento das tecnologias necessárias para aumentar a eficiência energética das aeronaves do futuro por meio do uso e integração de dispositivos elétricos em um sistema de propulsão inovador.

Energia, desempenho, controle, gerenciamento térmico e segurança operacional foram os principais recursos avaliados nesses primeiros voos tripulados. O objetivo é demonstrar as condições reais de voo por meio de resultados obtidos em simulações computacionais, testes de laboratório e integração terrestre de tecnologia, que acontecem desde o segundo semestre de 2019.

“O primeiro voo de uma aeronave é sempre um marco importante, e a decolagem de nossa primeira aeronave elétrica com emissão zero também representa a contribuição relevante de nossas equipes e parceiros para a transição energética do setor ”, disse Luís Carlos Affonso, Vice-presidente de Engenharia, Desenvolvimento Tecnológico e Estratégia Corporativa da Embraer. “Estamos empenhados em buscar soluções que possibilitem o futuro de uma aviação mais sustentável e a inovação terá um papel fundamental nesta jornada.”

Esse projeto de cooperação tecnológica utilizou um sistema de trem de força da WEG e um conjunto de baterias financiado pela EDP que foram integradas a um EMB-203 Ipanema, aeronave que faz parte da história da Embraer. Em 2004, tornou-se a primeira aeronave do mundo certificada e produzida em série para voar com combustível de fonte renovável (etanol).

A Embraer possui um programa permanente de desenvolvimento tecnológico, que tem permitido ganhos de eficiência no desempenho das aeronaves, reduzindo seu consumo e as emissões de gases de efeito estufa. A pesquisa em eletrificação aeronáutica é parte de um esforço mais amplo para explorar uma nova geração de energia renovável e a transição para um futuro líquido com zero emissões de carbono.

O conhecimento adquirido nos testes de aeronaves demonstradoras elétricas permitirá à Embraer desenvolver novos produtos inovadores em linha com a busca contínua da empresa por um futuro sustentável. É o caso do eVTOL (aeronave elétrica de pouso e decolagem vertical), também conhecido como EVA (Electric Vertical Aircraft ou elétrico vertical), desenvolvido pela Eve, empresa de Mobilidade Aérea Urbana da Embraer.

Fonte: Embraer

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.