US NAVY TESTA PORTA-AVIÕES COM GRANDE EXPLOSÃO

The aircraft carrier USS Gerald R. Ford (CVN 78) completes the first scheduled explosive event of Full Ship Shock Trials while underway in the Atlantic Ocean, June 18, 2021. The U.S. Navy conducts shock trials of new ship designs using live explosives to confirm that our warships can continue to meet demanding mission requirements under harsh conditions they might encounter in battle. (U.S. Navy photo by Mass Communication Specialist 3rd Class Riley B. McDowell)

A Marinha dos Estados Unidos, US Navy realizou no último dia 18 de junho um “Full Ship Shock Trials” (FSST), em português: “Testes de choque” no porta-aviões USS Gerald R. Ford (CVN 78), navio que está sendo concluída a sua construção e

Segundo a US Navy, “O USS Gerald Ford, que encontra-se na Costa Leste do país, foi projetado usando métodos avançados de modelagem de computador, testes e análises para garantir que o navio seja reforçado para resistir às condições de batalha, e esses testes de choque fornecem dados usados para validar a dureza ao choque do navio.”

O teste foi conduzido empregando explosivos vivos que comprovem os requisitos e condições de batalha que o navio terá que passar em tempo de guerra.

Não é a primeira vez que o teste acontece, outros navios também foram submetidos ao FSSTs: o porta-aviões USS Theodore Roosevelt (CVN 71) em 1987 e recentemente o USS Milwaukee (LCS 5) em 2016.

Apesar do rigoroso controle a que o exercício é submetido e de cumprir os requisitos de mitigação ambiental a explosão impressiona pela força de 3,9 graus na escala Richter de terremotos.

Fonte: US Navy

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.