DOIS SUBMARINOS RUSSOS DO PROJETO 636.3 ‘VARSÓVIA” DUELAM EM TREINAMENTO NO BÁLTICO

Como parte das tarefas do curso L-2, as tripulações de dois submarinos diesel-elétricos do projeto 636.3 Varshavianka, em português: Varsóvia da Frota do Báltico duelaram na costa da região de Kaliningrado, durante o qual treinaram ataque e contrataque com o uso simulado de armas e meios de sonar.

O submarino diesel-elétrico “Petropavlovsk-Kamchatsky” realizou uma busca por um submarino inimigo simulado, cuja função foi atribuída ao submarino “Volkhov”.

O “Petropavlovsk-Kamchatsky” entrou secretamente na área do exercício, assumiu uma posição vantajosa para atirar e atacou condicionalmente o Volkhov com um torpedo. Em seguida, evitando o ataque retaliatório, o submarino realizou uma manobra para se evadir. O submarino “Volkhov”, durante as manobras, também se esquivou do “torpedo” em sua carreira e em seguida, realizou um contra-ataque.

As condições de duelo foram modeladas de forma a equalizar as chances de ambos os submarinos em um duelo subaquático. De acordo com a avaliação preliminar do comando, ambas as tripulações cumpriram com sucesso as tarefas atribuídas, demonstrando alto treinamento profissional.

A Tarefa L-2 é parte integrante do programa de treinamento de um navio submarino para realizar as tarefas pretendidas com a realização de exercícios de combate em várias situações operacionais e táticas.

Os submarinos do Projeto 636.3

A série de submarinos 636.3 difere significativamente do anterior “Varshavyanka”. Os barcos deste projeto possuem um sistema de navegação inercial atualizado, o mais recente BIUS e modernos mísseis e torpedos armados. Os submarinos diesel-elétricos do projeto 636.3 são projetados para combater navios de superfície e submarinos, minar áreas e realizar reconhecimento. Uma das principais vantagens desses submarinos é o baixo nível de ruído.

Fonte: Ministério da Defesa da Rússia

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.