DESERT FLAG, UM EXERCÍCIO BEM SUCEDIDO ENTRE EMIRADOS ÁRABES, FRANÇA E ALIADOS

O DESERT FLAG 21 reuniu cerca de cinquenta aeronaves de seis nações no deserto dos Emirados Árabes para um exercício multinacional com um histórico indiscutível em termos de cooperação e interoperabilidade entre a França e seus parceiros.

Assim, de 6 a 25 de março, caças, helicópteros, drones e aviões-tanque treinados para realizar missões de alta complexidade, contribuíram com a preparação operacional de ponta no setor aéreo.

Passaram-se dois anos desde que esse exercício multinacional, normalmente anual, ocorreu devido à crise do COVID-19. Organizado pelo Centro de Guerra Aérea dos Emirados Árabes Unidos, o exercício DESERT FLAG oferece aos comandantes de missão a oportunidade de treinar a preparação, voo e debriefing de missões aéreas. A dificuldade desta missão decorre não só desta coordenação em grande escala, mas sobretudo do exigente trabalho de gestão de um grande número de aeronaves.

Nesta ocasião, nossos aviadores estavam imersos em cenários de missão complexos, mas realistas, a fim de representar autenticamente as missões da Força de entrada. Em um ambiente combinado realista, este exercício representa uma oportunidade para a cooperação regional.

Ao lado de nossos aliados dos Emirados Árabes, Bahrein, Arábia Saudita, Índia e Estados Unidos, o Força Aérea e Espacial da França foram capazes de demonstrar a interoperabilidade do Rafale, bem como o know-how de seus aviadores com outras nações. Por fim, o Rafale conseguiu evoluir no meio de outras aeronaves, como Mirage , F-15, F-16 e, mais raro, o indiano Sukhoï 30 MKI! Entre o contato e as discussões, esse exercício foi um grande sucesso internacional.

Fonte: Força Aérea da França

06/04/2021

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.