NORUEGA QUER ADQUIRIR MÍSSEIS ANTICARRO “JAVELIN” FGM-148 DOS ESTADOS UNIDOS

A Noruega, país que faz parte da OTAN, fez um pedido ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos em Washington para adquirir um lote de mísseis anticarro Javelin FGM-148. Os mísseis são fabricados pelas Raytheon / Lockheed Martin e têm como função principal a destruição de carros de combate, blindados e até o abate oportunidade de helicópteros em voo pairado.

O disparo é do tipo “Fire and forget” (Atire e esqueça) e como podemos observar pelo vídeo escolhido há um pequeno intervalo de tempo entre a saída do míssil do tubo e o acionamento do motor principal que o levará até impactar o alvo, permitindo assim que o operador não sofra queimaduras.

Atualmente, o Javelin é operado pelos seguintes países: Austrália, Bahrein, República Tcheca, Estônia, França, Geórgia, Irlanda, Jordânia, Reino Unido, Líbia, Lituânia, Noruega, Omã, Catar, Arábia Saudita, Taiwan, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido.

A Defense Security Cooperation Agency entregou hoje a certificação necessária ao Congresso dos Estados Unidos do pedido do governo da Noruega.

A lista completa de ítens inclui:

  • 120 mísseis Javelin FGM-148;
  • 02 mísseis Javelin FGM-148 Fly to Buy.

Obs.: O termo “Fly to by” indica que o cliente poderá selecionar aleatoriamente dois sistemas de um lote para testes de fogo real, garantindo assim, a qualidade de produção.

  • 24 kits de retrofit Unidades de lançamento de comando (CLUs) do Bloco 1 do Javelin;
  • Peças de reposição; publicações e documentação técnica; treinamento de pessoal; Serviços de suporte técnico e logístico, de engenharia e contratados do governo dos EUA; e outros elementos relacionados de apoio logístico e do programa.

O custo total estimado é de US$ 36 milhões.

Por Graan Barros

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.