FRAGATA ITALIANA “LUIGI RIZZO” EM TREINAMENTO NO OBANGAME EXPRESS NO GOLFO DA GUINÉ

O exercício Obangame Express 2021 termina, mas a cooperação com os países costeiros continua no combate à pirataria

Ontem, 27 de março de 2021, encerrou-se na costa da Costa do Marfim, OBANGAME EXPRESS 2021, exercício marítimo multinacional para orientar a Marinha dos Estados Unidos.

Do dialeto africano “Fang”, OBANGAME, que significa literalmente “união”, vê o envolvimento, além das Unidades da Marinha dos Estados Unidos, também das Marinhas e Forças de Segurança Marítima de quase todos os países da África Ocidental, bem como das Unidades e do Canadá. O exercício foi criado para melhorar a cooperação entre as nações participantes, a fim de aumentar a segurança da navegação e do livre comércio na área.

O evento multinacional revelou-se uma oportunidade lucrativa para estreitar as relações entre as marinhas costeiras e os atores internacionais, incluindo a Marinha.

A Marinha, através dos homens e mulheres da Nave RIZZO, lançou as bases para a consolidação das relações entre a Itália e os governos locais. É através desta preciosa colaboração que podemos aspirar à estabilidade da região e, assim, garantir a segurança marítima numa área de extrema importância para o nosso país e para a comunidade internacional. Basta dizer que a maior parte dos produtos e matérias-primas relativos à África Ocidental transitam pelas principais linhas de comunicação marítima, por onde navegam diariamente milhares de barcos, entre navios mercantes e pesqueiros.

A cooperação com as partes interessadas no Golfo da Guiné começou bem antes de o capitão da fragata Dario CASTELLI, comandante do navio, deixar as amarras do porto de La Spezia. Videoconferências, treinamento conjunto e planejamento operacional têm favorecido o sucesso da missão até agora. Na verdade, não se trata apenas de uma cooperação avançada com marinas costeiras ou de atividades de treinamento com a Marinha francesa, espanhola e norte-americana, que também são realizadas pela Nave RIZZO em diversas ocasiões. A Marinha foi convocada para prestar apoio em uma das mais importantes apreensões de drogas da história do Golfo da Guiné. Em 21 de março, diretamente envolvido pela Sexta Frota dos Estados Unidos, a Nave RIZZO forneceu apoio ISR-Intelligence, vigilância e reconhecimento – e quadro de segurança do porta-helicópteros anfíbio DIXMUDE, da Marinha da França, durante as operações de inspeção de navio mercante em trânsito em águas internacionais. Ao final das verificações a bordo do cargueiro “NAJLAN”, foram encontradas mais de 6 toneladas de cocaína, no valor estimado de 1,3 bilhão de dólares.

A Nave RIZZO estará envolvida na Operação GABINIA até junho próximo, para proteger os interesses nacionais e internacionais contra o flagelo da pirataria e do tráfico ilícito.

Fonte: Marina Militare

30 de março de 2021

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.