FRAGATA ITALIANA LUIGI RIZZO E USS HERSHEL ‘WOODY’ WILLIAMS REALIZAM EXERCÍCIOS ANTIPIRATARIA NO GOLFO DA GUINÉ

Operações e treinamento – A Marinha, apesar da emergência de pandemia global, continua garantindo a presença e vigilância para proteger a segurança da navegação em alto-mar e o combate ao tráfico ilícito.

Neste contexto, na quinta-feira 11 de março, o navio Rizzo realizou atividades de treinamento com o USS Hershel “Woody” Williams , com o objetivo de apoiar a interoperabilidade entre a Marinha Italiana e a Marinha dos Estados Unidos. O treinamento permitiu às tripulações aumentar a prontidão operacional e flexibilidade de uso, em total conformidade com o protocolo anti-Covid.

A principal atividade realizada foi um exercício de embarque. A unidade americana simulou ser um suspeito de traficante e, após o interrogatório inicial por rádio e uma série de manobras cinemáticas de perto, o navio Rizzo enviou sua Equipe de Embarque para fazer uma inspeção. A inserção foi realizada por meio de duas lanchas e dois helicópteros SH-90, um dos quais foi protegido de cima graças ao apoio de atiradores anfíbios.

O alto nível de interoperabilidade entre a Marinha italiana e norte-americana, alcançado e mantido com exercícios conjuntos regulares, e a notável capacidade multifuncional das fragatas FREMM foram, portanto, confirmados que, graças ao profissionalismo das tripulações e à alta tecnologia, continuam a projetar uma imagem brilhante da Itália.

No final do exercício, no âmbito da Operação GABINIA , o navio Rizzo continuou a navegar em direção ao Golfo da Guiné, onde se empenhará no combate ao fenômeno da pirataria até ao próximo mês de Junho.

Ver também:

O USNS HERSHEL “WOOD” WILLIAMS VISITA O RIO DE JANEIRO

Fonte: Marina Militare

16 de março de 2021

Alessandro Veri

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.