CHINA CONCLUI CONSTRUÇÃO DE LINHA DE PRODUÇÃO DE MOTORES DE MÉDIO IMPULSO

Uma empresa chinesa de armas concluiu recentemente a construção de uma linha de produção de motores de médio impulso de terceira geração, e analistas disseram que a China agora pode produzir aviões de guerra sem ter que depender de motores importados.

O projeto de construção da linha de produção de motores de médio impulso de terceira geração passou por uma verificação de aceitação após a conclusão da construção, informou o National Business Daily na segunda-feira, citando uma declaração da Aviation Power Co da estatal Aero Engine Corporation of China.

A empresa é responsável pelo desenvolvimento e produção de motores aeronáuticos para fins militares e civis, com foco em produtos militares e pesquisa científica para novos motores, informou a empresa em seu site.

Embora a declaração não se aprofundasse no motor aero motor de médio empuxo de terceira geração, observadores militares chineses especularam que poderia ser o motor WS-13, a ser usado em aviões de guerra, incluindo o jato de combate JF-17 desenvolvido em conjunto pela China e Paquistão e o segundo motor da China O jato de combate stealth FC-31, que também se diz que se tornará o jato de combate de próxima geração baseado em porta-aviões da China no futuro.

A China tem importado motores RD-93 da Rússia para esses fins, disseram os observadores.

A conclusão da linha de produção indica que a China fez avanços na produção de motores aéreos, disse Xu Guangyu, conselheiro sênior da Associação de Controle de Armas e Desarmamento da China, ao Global Times na terça-feira.

A China poderá produzir em massa os motores, o que permitirá a produção em massa de aviões de guerra, disse Xu.

Fonte: Global Times

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.