CASCO DA EX-CORVETA JACEGUAI COMEÇA A SER PREPARADO PARA SER AFUNDADO (EM PRIMEIRA MÃO)

A Marinha do Brasil (MB) inicia preparativos para o exercício anual de afundamento de meios que deram baixa do serviço ativo, batizado pela força de Missilex / Torpedex. Esse tipo de exercício na MB teve início em 2016, com o afundamento da ex-Corveta V-33 “Frontin” e repetiu-se duas vezes no ano de 2018 com o afundamento da Fragata “Bosísio” e posteriormente, do Navio-Tanque Marajó.

Em julho de 2019, foi a vez de um teste com o míssil antinavio desenvolvido nacionalmente, “Mansup”. Desta vez, foi escolhido o casco do ex-Rebocador de Alto-Mar “Triunfo”. No vídeo,entretnato, não vemos o impacto do míssil com o casco, porém a MB não se pronunciou a respeito.

Nesse ano de 2021, ainda impactado com a crise da Pandemia do Coronavírus, a Marinha parece iniciar os preparativos para mais um exercício, pintando o casco da sua ex-Corveta V-31 “Jaceguai” com as cores características que flagramos e fotografamos hoje, dia 11/02/2021.

Ainda não temos informações sobre os detalhes do exercício ou se o casco do Ex-NDD “Ceará” vai finalmente virar coral artificial no fundo do mar esse ano. Pena que a Marinha já não responde as demandas de toda a imprensa especializada como antes.

Por Graan Barros

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.