F-35 DO REINO UNIDO OPERARÃO MÍSSEIS AR-TERRA DE PRÓXIMA GERAÇÃO

Spear in flight

Os caças de ataque operados a partir dos porta-aviões da Royal Navy serão armados com a próxima geração de mísseis letais após um acordo de £ 550 milhões.

O SPEAR 3 se tornará a principal arma de ataque dos jatos F-35 Lightning operando a partir do convés do HMS Queen Elizabeth e do Prince of Wales.

Projetado para derrubar navios de guerra, tanques e veículos blindados, lançadores de mísseis, bunkers, postos de radar e baterias de defesa aérea, o novo míssil pode ser disparado de mais de 140 quilômetros (quase 90 milhas) e deve manter a Marinha e Pilotos da RAF longe do perigo das defesas terrestres inimigas.

A MBDA recebeu £ 550 milhões para equipar a Força de Lightnings – baseada em RAF Marham – com a nova arma, que foi desenvolvida na última década e será introduzida na linha de frente nos próximos sete anos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *