EXÉRCITO FRANCÊS RECEBE PRIMEIRAS GLOCK-17 GEN5

Le GLOCK 17 GEN 5. Évaluateur en position de tir bras tendus. Le 2 mars 2019 a été publié l’avis n° 19-30700 sur le site du bulletin officiel des annonces des marchés publics : fourniture de pistolets semi-automatiques (PSA) de calibre 9 x 19 mm, du système d'entraînement, d'accessoires, du système de soutien et de cartouches associés. La STAT (section technique de l’armée de Terre) a reçu pour mission d’évaluer les différents échantillons proposés par les industriels. 3 lots ont été évalués en dernière phase : le GLOCK 17 GEN 5, le HS PRODUCKT FS 19 et le CZ P-10 C. C’est au camp de Mourmelon (51) que la STAT a finalisé ces évaluations avec des militaires de plusieurs unités, du 14 au 18 octobre 2019. C’est le GLOCK 17 GEN 5 qui a été retenu.

Desde Dezembro de 2020, o suporte de material de base (14 th BSMAT) proporciona a verificação e entrega da nova Glock 17-GB para o 126 th RI (126 th RI).

O exército tem atualmente recebido 50% de sua dotação final de 520 pistolas Glock-17 EN. Substituindo o PA MAC 50 e o PAMAS G1 , a pistola semi-automática Glock-17 de 5ª geração FR é robusta , confiável e ergonômica. Destina-se ao uso em casos de ação rápida e necessidade de autoproteção. Com calibre de 9mm, mede 114mm por 700g com cano de 4,5 polegadas e capacidade para 17 cartuchos. Assim, o combatente desfruta de facilidade de tiro e máxima precisão em quaisquer condições.

As 15 000 novas pistolas semi-automáticas Glock-17 E do Exército foram entregues 14 de dezembro de 2020 na 14 ª BSMAT. Esta unidade é responsável por garantir o controle de qualidade das armas, sua inclusão na gestão logística e seu acondicionamento antes de sua distribuição nas diversas unidades. O 14º BSMAT é o único centro nacional de manutenção industrial especializado em eletrônica e armamento. Garante o apoio das forças do Exército (entre outras) em operação tanto no território nacional como nos teatros externos. Os mantenedores, soldados especializados, são responsáveis ​​por manter o equipamento do Exército em condição operacional. Sua missão combina suporte técnico, logístico e operacional.

Entregas planejadas como parte do MCO-T

A nova pistola Glock-17 FR do Exército, essencial para o combatente, incorpora os esforços “em altura humana” previstos pela Lei de Programação Militar (LPM) 2019-2025. O LPM 2019-2020 é parte de um desejo mais amplo de renovar “pequenos equipamentos” destinados às forças francesas. As diretrizes estabelecidas pelo LPM quanto ao material são realizadas pelo plano de transformação de manutenção em condição operacional-terreno (MCO-T). Lançado em 2016, garante disponibilidade satisfatória de equipamentos terrestres. Em 2022, mais de 38.000 Glock-17s serão entregues às unidades do Exército.

Fonte: Exército Francês

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.