PAQUISTÃO NEGOCIA COM A CHINA LOTE EMERGENCIAL DO J-10 PARA ENFRENTAR RAFALE

Segundo o jornal Guardian Indian, o Paquistão começou a negociar com a China a compra emergencial do seu caça J-10 para rivalizar com os novos caças da Força Aérea Indiana (IAF), Rafale. Em vídeo divulgado recentemente vemos um segundo lote composto por três aeronaves Rafale decolando da base aérea de Istres, na França, e voando por mais de oito horas antes de pousar em uma base da IAF. Segundo A Indian Air Force (IAF) os caças cobriram uma distância de mais de 3700 milhas náuticas, algo em torno de 6.800 km com três reabastecimentos em vôo.

Cinco caças Rafale já haviam voado para a base aérea de Ambala via Abu Dhabi em 29 de julho e já foram incluídos no Esquadrão 17 da IAF.

Em resposta, os Paquistaneses, aliados da China querem adquirir mais de 30 caças de combate J-10 (CE) juntamente com um estoque de mísseis para fazer frente a aquisição indiana. De acordo com fontes, em outubro, uma equipe do Paquistão visitou a China e finalizou a discussão sobre a compra de 50 jatos de combate J-10 (CE). Agora, o Paquistão está tentando adquirir 30 jatos e mísseis, de um total de 50.

O movimento tenta reequilibrar o poder aéreo entre as forças aéres dos dois países, atualmente, francamente favorável a Índia com seus MiG-29, Mirage 2000, Sukhoi 30 e agora Rafale.

Em um vídeo em de 2009, em que um Rafale aparece com um caça furtivo F-22 Raptor da Força Aérea dos Estados em sua alça de mira chamou a atenção de especialistas do mundo todo. Tratava-se da participação na famosa graduação do Curso de Liderança Tático Avançado (ATLC) onde houve um simulado de dogfight envolvendo o F-22, o Typhoon e o Rafale.

Tecnologias no Rafale

É de se ressaltar também o Radar de tecnologia AESA: RBE2-AA, o seu datalink 16 que é um facilitador para lançar armas guiadas a grandes altitudes, o seu Front Sensor Optronics que junta TV mais sensor infra-vermelho para localizar aeronaves, além do POD de mira laser, Dâmocles  e o AREOS ( Airborne Reconnaissance and Observation System) que é um sistema de reconhecimento do solo também desenvolvido pela Thales.

Por Graan Barros

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.