O DESTRÓIER HMS “DRAGON” RETORNA DA IMPLANTAÇÃO NO MAR NEGRO

HMS Dragon returns to Portsmouth Naval Base.

HMS Dragon voltou para casa em Portsmouth hoje [21 de novembro] de sua implantação no Mar Negro e no Mediterrâneo oriental durante o outono.

Desde que deixou as águas do Reino Unido no início de setembro, o destróier Tipo 45  tem operado como parte do Littoral Readiness Group (Experimentation), também compreendendo o HMS Albion  e a RFA Lyme Bay .

Ela também passou quase um mês patrulhando o Mar Negro e treinando com navios ucranianos, georgianos e romenos na região.

Afirmando sua presença no Mar Negro durante um período em que muitos países foram afetados pela Covid-19, o HMS Dragon  aplicou medidas de proteção rigorosas para garantir que o vírus não comprometesse sua capacidade de conduzir as operações.

O HMS Dragon viu em primeira mão como nossos amigos na Ucrânia, Geórgia e Romênia veem nossa presença na região durante o que é um momento difícil devido à pandemia em curso.

Comandante Giles Palin

Seu comandante, comandante Giles Palin, disse: “É muito importante para o Reino Unido que, apesar dos desafios impostos pela Covid-19, a Marinha Real ainda seja capaz de fornecer uma presença tranquilizadora aos nossos parceiros e aliados no Mar Negro e Mediterrâneo oriental.

“O HMS Dragon viu em primeira mão como nossos amigos na Ucrânia, Geórgia e Romênia veem nossa presença na região durante o que é um momento difícil devido à pandemia em andamento.

“Mas as ações do HMS Dragon para preservar a liberdade de navegação e dissuadir quaisquer adversários que pudessem desafiar foram sentidas muito mais longe do que os parceiros regionais: são igualmente cruciais para a segurança do Reino Unido e da Europa.”

Após uma implantação bem-sucedida, o HMS Dragon está prestes a iniciar um período de manutenção antes de iniciar o treinamento marítimo, a fim de permanecer pronto para as tarefas em 2021.

Fonte: Royal Navy

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.