CIENTISTA NUCLEAR IRANIANO É ASSASSINADO EM ATENTADO EM TEERÃ

TEHRAN (Tasnim) – O Ministério da Defesa do Irã confirmou que o cientista nuclear Mohsen Fakhrizadeh foi martirizado após um ataque de assassinato.

Em um comunicado divulgado na noite de sexta-feira, o Ministério da Defesa disse que “elementos terroristas armados” atacaram o carro que transportava Fakhrizadeh, chefe da Organização de Pesquisa e Inovação do Ministério da Defesa.

Em um confronto entre a equipe de guarda-costas do cientista e os assassinos, Fakhrizadeh foi gravemente ferido e levado ao hospital.

Os esforços das equipes médicas para ressuscitar o cientista iraniano falharam e ele foi martirizado, acrescentou o comunicado.

Relatórios sugerem que os assassinos detonaram outro veículo antes de atirar no carro que transportava Fakhrizadeh.

Várias pessoas foram mortas no incidente, cuja identidade ainda é desconhecida.

Vários parentes de Fakhrizadeh supostamente o acompanhavam no momento do assassinato.

Tasnim soube que o ataque de assassinato ocorreu às 14h30, horário local.

Relatórios sugerem que uma pick-up carregada de explosivos explodiu perto do carro que transportava Fakhrizadeh na Praça de Absard, no Golfo Pérsico. Posteriormente, outro assassino começou a disparar balas, durante as quais um dos guarda-costas do cientista iraniano foi baleado quatro vezes.

Depois de sofrer ferimentos na explosão e nas balas, Fakhrizadeh foi levado ao hospital com um helicóptero.

Fakhrizadeh teria sido o único cientista iraniano que o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu citou em um programa. A mídia do regime sionista afirma que várias tentativas de assassinato para matá-lo falharam nos últimos anos.

Relatórios sugerem que o serviço de espionagem israelense Mossad obteve informações sobre Fakhrizadeh nas listas das Nações Unidas.

Fonte: Tasnim

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.