NAVIO-PATRULHA A.R.A. PIEDRABUENA DA ARGENTINA FOI LANÇADO AO MAR

É o segundo de uma série de quatro que nosso país receberá. O primeiro é o ARA “Bouchard”, que desde o ano passado patrulha o Mar Argentino.

França – O barco de patrulha oceânica polivalente ARA “Piedrabuena” foi lançado ontem no Estaleiro Kership, na cidade de Concarneau (França). É o segundo de uma série de quatro barcos de patrulha oceânica multiuso que serão incorporados à Marinha Argentina, sendo o primeiro deles o ARA “Bouchard”.

Na área de Defesa, foi celebrado um acordo de cooperação entre o Governo da República da França e o da República Argentina, assinado em 14 de outubro de 1998 e aprovado pela Lei nº 25.251. Entre outros compromissos, o apoio da República Francesa foi estabelecido na modernização do instrumento de defesa argentino; e apoio ao processo de integração regional no tema Defesa e Segurança.

Nesse mesmo despacho, em 24 de fevereiro de 2016, foi assinada Carta de Intenções entre o Ministério das Relações Exteriores e Desenvolvimento Internacional da República da França e o Ministério da Defesa da República Argentina, reiterando a vontade comum de fortalecer a cooperação no campo da Defesa, em particular, na modernização das Forças Armadas argentinas, mediante a aquisição de equipamentos de Defesa franceses. Este acordo foi concretizado com a assinatura do contrato n.º 1/2018 para o fornecimento de quatro barcos-patrulha oceânicos polivalentes.

Presentes na cerimônia de lançamento, em nome da Embaixada da Argentina na França, estiveram a Ministra Silvina Murphy; pela Naval Group Company, o Gerente Comercial para a América Latina, Sr. Michel Olivie, e o Diretor do Programa OPV ARA, Sr. Jean-Cloude Flandran; o presidente do Estaleiro Kership, Sr. Patrick De Leffe; autoridades civis, militares e eclesiásticas, e convidados especiais.

O Chefe da Comissão Principal de Inspeção Naval para a Construção e Incorporação de quatro Barcos Polivalentes de Patrulha Oceânica, Capitão Víctor Ortiz, em suas palavras agradeceu a presença das autoridades e destacou a importância desta tradição naval, que é a implantação do mar de uma nova unidade de superfície da Armada Argentina.

“Esta classe de navio proporcionará um reforço e renovação para continuar com a tarefa de vigilância, controle do mar e defesa dos recursos marítimos da Nação no extenso Mar Argentino; bem como a salvaguarda da vida no mar através da realização de trabalhos de salvamento, busca e salvamento de longo alcance ”, explicou o Capitão Ortiz.

“Com o lançamento desta unidade, são concluídas as etapas preliminares de fabricação e montagem, cuidadosamente realizadas por este estaleiro, e iniciados os testes de integração. Aproveito para realçar o trabalho incansável e dedicado de todos os homens e mulheres que integram este estaleiro, bem como dos membros da empresa Grupo Naval, que em tempo e forma venceram os obstáculos de uma pandemia, sem que o seu trabalho fosse afectado. , cumprindo com todos, de acordo com o compromisso assumido ”, frisou.

Em homenagem a Piedrabuena

O barco-patrulha marítima foi batizado pela Sra. Marcela Andrea Latorre em nome de sua madrinha, Embaixadora Susana Myrta Ruiz Cerruti.

O nome pelo qual este navio será reconhecido pertence ao Comandante Luis Piedrabuena, nascido em Carmen de Patagones em 24 de agosto de 1833, um marinheiro patriota argentino cujas ações na Patagônia consolidaram a soberania territorial.

Com apenas 15 anos, e como primeiro oficial de escuna, chegou às Ilhas Malvinas. Em 1850, navegou pelos canais fueguinos, encontrando ali os povos Tehuelche aos quais incutiu o amor pela soberania.

Em 1854 ele viajou para Nova York, onde por dois anos completou seus estudos náuticos. Suas navegações ao longo da costa patagônica, das Ilhas Malvinas e da Terra do Fogo foram numerosas, salvando inúmeras vidas de náufragos no que seria o início das missões de busca e resgate da Marinha.

O marinheiro e patriota argentino morreu em 10 de agosto de 1883 em Buenos Aires quando tinha apenas 49 anos.

Fonte: Armada Argentina

Em fevereiro desse ano, o Estratégia Global fotografou e filmou o primeiro patrulheiro dessa classe, o ARA “Bouchard” no Rio de Janeiro fazendo breve escala antes de seguir para a Argentina.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *