RÚSSIA PODE FUNDIR LINHAS DE PRODUÇÃO DO SU-35 E SU-30 PARA SE CONCENTRAR NO SU-57 E NO FUTURO MIG-41

A Rússia possui cinco classes de caças em produção em série para cumprir o atual plano de armamento, incluindo Su-57, Su-35, Su-30SM, Su-34 e MiG-35.

produção em massa destas aeronaves faz parte o plano de armamento do país, que inclui a encomenda de aproximadamente 80 unidades de cada uma das aeronaves, com exceção do MiG-35, que está sendo produzido para exportação.

A Rússia segue investindo pesado em aeronaves avançadas como o Su-57, que conta com tecnologias avançadas de sexta geração tais como inteligência artificial e armas hipersônicas.

De acordo com o portal Military Watch, o país pode unir as linhas de produção dos caças Su-30 e Su-35 para elevar a eficiência dos projetos, permitindo que a defesa do país se concentre nos programas Su-57 e MiG-41, uma aeronave projetada como plataforma de sexta geração.

Caça multifuncional Su-57 de quinta geração realiza um voo de demonstração como parte do Fórum Internacional EXÉRCITO 2020 no aeródromo de Kubinka, região de Moscou, Rússia

© SPUTNIK / ALEKSANDR VILFCaça multifuncional Su-57 de quinta geração realiza um voo de demonstração

Com a união dos projetos, a Rússia poderia desenvolver uma única classe de caça reunindo as capacidades mais notáveis de cada uma das aeronaves, em versões monologar e bilugar, além de ganhar acesso a novos sistemas de armas, como o míssil de cruzeiro Kh-32 antinavio.

Caso a união dos programas ocorra, a plataforma única contaria com uma série de melhorias, como a adição de sistemas de guerra eletrônica, um novo radar AESA, inteligência artificial, armas a laser, além da redução dos custos de manutenção.

Fonte: Sputnik News com adições de “Pravda.RU”

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *