TRUMP INSINUA QUE COGITA SUSPENDER VOOS DO BRASIL

Governador da Flórida disse estar ‘preocupado todo o tempo’ com o avanço da Covid-19 no Brasil e em outros países ‘que têm muita interação com Miami’

O presidente americano, Donald Trump, insinuou nesta terça-feira, 28, em uma coletiva de imprensa ao lado do governador da FlóridaRon DeSantis, que estaria disposto a restringir a entrada nos Estados Unidos de voos vindos do Brasil para conter o avanço do surto da Covid-19, que já atingiu mais de 1 milhão de ameircanos. DeSantis afirmou estar “preocupado” com o país latino-americano, que conta com cerca de 70.000 casos de coronavírus, mas disse não acreditar ser necessária por enquanto a proibição dos voos do Brasil.

“Eu estou preocupado todo o tempo com o Brasil e outros países que têm muita interação com Miami. A epidemia deve crescer [nesses países] com a mudança de estação”, disse DeSantis nesta terça-feira ao ser perguntado sobre o crescimento no número de casos da Covid-19 na América do Sul.

A comunidade científica internacional, porém, ainda não sabe se a Covid-19 é, assim como a gripe comum, uma doença disseminada com maior facilidade durante o inverno, que se inicia no Hemisfério Sul neste ano a partir de 20 de junho.

“Uma das coisas que mencionei ao presidente é que talvez algumas dessas companhias aéreas [que fornecem voos internacionais que conectam o Brasil à Flórida] deveriam testar [seus passageiros antes do embarque]”, concluiu DeSantis em referência aos testes de confirmação de casos da Covid-19 em cinco minutos desenvolvidos pelos Laboratórios Abbott.

Mais de 1,2 milhão de brasileiros visitaram a Flórida em 2018, segundo os dados mais recentes divulgados pelas autoridades de turismo do estado. Assim, o Brasil respondeu por mais de 30% dos turistas vindos da América do Sul. Apenas os canadenses e os britânicos visitaram a Flórida mais que os brasileiros naquele ano.

Trump, então, perguntou a DeSantis se ele cogitava “cortar o Brasil” em referência à implementação de restrições dos voos comercias. “Você gostaria de banir [a entrada de voos de] certos países?”, perguntou o presidente americano.

O governador da Flórida negou a necessidade de uma proibição por enquanto, mas a defendeu caso os passageiros desses voos internacionais disseminem a Covid-19 em território americano. “Nós observaremos a situação e nos informe [se achar necessário a proibição]”, concluiu Trump.

“O Brasil tem um surto sério, como vocês sabem. Eles também foram em outra direção que outros países da América do Sul, se você olhar os dados, vai ver o que aconteceu infelizmente com o Brasil”, disse ainda Trump.

Fonte: Veja

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *