FORÇA AÉREA DO IRAQUE MATA 23 TERRORISTAS DO ESTADO ISLÂMICO EM KIRKUK

Air Force Lt. Col. Julian Pacheco and Iraqi Air Force Capt Hama land one of the IAF's new F-16 Fighting Falcon aircraft at the nearby Tucson International Airport, Dec. 16, 2014. Due to the current security situation in Iraq, the IAF pilots will complete their training in their own aircraft in the US instead of from air bases in Iraq. (U.S. Air Force photo/Senior Airman Jordan Castelan)

TEERÃ (Tasnim) – Aviões militares iraquianos bombardearam um esconderijo de grupos terroristas do Daesh ao sul de Kirkuk, conseguindo matar 23 deles, disseram fontes de segurança.

Segundo as fontes, 23 militantes do Daesh foram mortos na segunda-feira depois que aviões iraquianos bombardearam seu esconderijo na área de Wadi al-Shay, em Kirkuk, após operações de reconhecimento das forças armadas do país árabe.

No início do dia, um ataque ao distrito de Molla Abdollah, no sul de Kirkuk, foi repelido pelas tropas iraquianas.

Durante os recentes confrontos em Kirkuk, um soldado iraquiano foi morto e quatro outros ficaram feridos, acrescentaram as fontes.

O Daesh intensificou seus ataques no Iraque em meio a um pedido de Bagdá aos EUA para retirar suas forças do país árabe.

Em uma votação em 5 de janeiro, o parlamento iraquiano pediu o fim da presença de todas as tropas estrangeiras, incluindo americanos.

A ação ocorreu dois dias depois que as forças armadas dos EUA – agindo sob a ordem do presidente Donald Trump – lançaram um ataque fatal por drone contra o comandante antiterrorista iraniano, general Qassem Soleimani, após sua chegada à capital iraquiana a convite do governo de Bagdá.

O ataque também matou a vida de Abu Mahdi al-Muhandis, o segundo em comando da PMU do Iraque ou Hashd al-Sha’abi, junto com outros oito iranianos e iraquianos.

Washington ameaçou sanções caso as tropas americanas fossem expulsas em vez de atender ao apelo do parlamento iraquiano para acabar com a ocupação do país.

Fonte: Tasnim

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *