google.com, pub-9763613062442243, DIRECT, f08c47fec0942fa0

YANKEES, GO HOME! PRIMEIRO-MINISTRO E PARLAMENTO IRAQUIANO SE UNEM PARA RETIRAR TROPAS AMERICANAS DO PAÍS

  • Adil Abdul Mahdi
  • tropas ameircanas no iraque

Depois de 16 anos de presença militar no Iraque, as tropas americanas, que hoje se resumem a 5.000 militares, podem ter que deixar o país. Em março deste ano, o Parlamento do Iraque já havia votado e aprovado uma lei que estabelecia prazo de 36 meses para a retirada total das tropas, entretanto, após eleições parlamentares que mudaram a configuração do governo os prazos foram desconsiderados.

Agora, com o assassinato do general iraniano Qassem Soleimni dentro do país, em um ataque com um UCAV (drone) que violou leis internacionias e o espaço aéreo iraquiano, o primeiro-ministro Adel Abdul Mahdi pediu ao parlamento que convoque uma sessão extraordinária para tomar medidas legislativas para proteger a soberania do Iraque. Os dois principais grupos políticos do país, e até grupos Xiitas rivais também se uniram para que os americanos se retirem do país.

Primeiro-ministro Adel Abdul Mahdi

Na sexta, manifestantes também protestaram e pediram a retirada de tropas americanas em frente a uma das petrolíferas americanas que se beneficiaram com a guerra ilegal promovida pelos Estados Unidos no Iraque. Com o falso argumento de que Sadam Husseim mantinha armas de destruição em massa uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos invadiu o país árabe.



Por Graan Barros

Facebook Comments


Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close