DIRETORIA DE AERONÁUTICA DA MARINHA É RECEBIDA NO ESQUADRÃO 700X DA ROYAL NAVY [QUE OPERA O SCANEAGLE]

No dia 4 de dezembro foi realizada uma visita ao Esquadrão 700X, em Culdrose, no Reino Unido, pelo Diretor de Aeronáutica da Marinha, Contra Almirante Alexandre Cursino de Oliveira e o Chefe do Departamento de Gestão do Ciclo de Vida e Apoio Logístico Integrado, Capitão de Mar e Guerra Gilberto Roque Carneiro Junior.

Este Esquadrão é responsável pela avaliação de veículos não tripulados na Royal Navy e a visita estreitou os laços entre as Marinhas amigas trazendo importante conhecimento para MB.

Fonte: Marinha do Brasil

Observação do editor:

Desde de 2014 a Marinha do Brasil avalia a possibilidade de empregar aeronaves Remotamente pilotadas a bordo de seus navios em missões de vigilância e controle de tráfego marítimo, esclarecimento e apoio às operações de patrulha naval e busca e salvamento.

Em maio desse ano, foi ativado o Grupo Executivo de Aeronaves Remotamente Pilotadas (GEARP), que tem por função estudar e emprego ARPs na Marinha do Brasil. Em breve, também será criado um esquadrão dedicado as ARPs e duas aeronaves estão sendo analisadas são o ScanEagle e o Camcopter. A Base visitada pelo DAerM foi justamente a que opera ARPs ScanEagle da Boeing.

Também em 219, a Diretoria de Aeronáutica da Marinha do Brasil realizou a “contratação do fornecimento do serviço de avaliação a bordo “ship survey”, para verificação da adequabilidade de operação de um Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas – SARP-E – a bordo de navios da Marinha do Brasil por meio do Programa FOREIGN MILITARY SALES-CASE dos Estados Unidos.”

Por Graan Barros

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *