TRÊS PESSOAS MORREM NA COLÔMBIA APÓS PROTESTOS CONTRA O GOVERNO

  • Colômbia - manifestantes criticam políticas econômicas e sociais do governo (Luisa Gonzalez Reuters)

Mais de 250 mil pessoas participaram dos protestos contra o governo de Iván Duque nesta quinta-feira (21)

Bogotá — Três pessoas foram mortas em eventos na esteira dos protestos de quinta-feira na Colômbia, disse o ministro da Defesa, conforme as cidades despertavam nesta sexta-feira diante de amplos problemas no transporte público e convocando outro protesto.

Mais de 250 mil pessoas protestaram na quinta-feira para expressar o crescente descontentamento com o governo do presidente Iván Duque, incluindo com rumores de reformas econômicas e uma contínua raiva do que os manifestantes dizem ser a falta de ação do governo para impedir a corrupção e o assassinato de ativistas de direitos humanos.



O ex-candidato presidencial de esquerda Gustavo Petro convocou outra manifestação na tarde desta sexta-feira, pedindo às pessoas que batessem em panelas e frigideiras na praça central de Bogotá em um ato tradicional de protestos conhecido como “panelaço”. Seu apelo não é apoiado pelas centrais sindicais que organizaram o protesto de quinta-feira.

O protesto coincidiu com manifestações em outros países da América Latina, incluindo passeatas antiausteridade no Chile, protestos contra alegações de adulteração de votos na Bolívia que levaram o presidente Evo Morales a renunciar, além de uma escalada nas tensões na crise da Nicarágua.

Fonte: Reuters, via Exame

Mais informações clique aqui!

Facebook Comments


Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close