RÚSSIA E TURQUIA DECIDEM COMBATER O SEPARATISMO SÍRIO – MEMORANDO CONJUNTO

O líder turco se encontrou com o presidente russo em Sochi na terça-feira, 22 de outubro, à luz da atual operação militar da Turquia na Síria

Moscou, 22 de outubro. / TASS /. A Rússia e a Turquia reiteraram sua determinação em combater o terrorismo e o separatismo no território sírio em um memorando conjunto assinado sobre os resultados da reunião entre o presidente russo Vladimir Putin e o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

“Eles [presidentes russo e turco] enfatizam sua determinação em combater o terrorismo em todas as formas e manifestações e interromper as agendas separatistas no território sírio”, afirma o documento.

Refugiados retornam à Síria

Moscou e Ancara ajudarão em conjunto o retorno dos refugiados sírios à Síria, diz um memorando conjunto acordado após uma reunião entre o presidente russo Vladimir Putin e seu colega turco Recep Tayyip Erdogan em Sochi na terça-feira.

O documento estabelece que “serão lançados esforços conjuntos para facilitar o retorno dos refugiados de maneira segura e voluntária”.

Implementação do acordo Adana

A Rússia facilitará a implementação do acordo Adana na fronteira entre a Síria e a Turquia, informa o memorando.

“Ambos os lados reafirmam a importância do Acordo Adana. A Federação Russa facilitará a implementação do Acordo Adana nas circunstâncias atuais”, diz o documento.

As conversações entre Putin e Erdogan duraram mais de seis horas. Os líderes discutiram a Operação Primavera da Paz, lançada pela Turquia em 9 de outubro. O governo de Erdogan afirmou que seu objetivo é limpar a área de fronteira do que chama de ‘terroristas’ (o rótulo amplo das forças curdas da Turquia) e estabelecer uma extensão de 30 km de extensão. zona tampão no norte da Síria, onde mais de 3 milhões de refugiados sírios na Turquia se reinstalariam. A incursão de Ancara na Síria provocou protestos na região e em todo o mundo.

Fonte: TASS

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.