NAVIOS DA MARINHA FRANCESA E BRASILEIRA REALIZAM PASSEX NA AMAZÔNIA

  • Militares-da-Marinha-do-Brasil-realizam-ação-de-visita-e-inspeção
  • Abordagem-da-tripulação-descaracterizada-do-P48-pelo-GVI-francês
  • La Confiance P733

No final de agosto, o barco-patrulha Antilhas-Guyane La Confiance navegou em direção ao Brasil por dez dias. Uma viagem que deu origem a duas paradas, permitindo que a tripulação participasse do feriado nacional do país anfitrião, participasse de uma reunião sobre cooperação naval franco-brasileira e também organizasse um exercício com a patrulha brasileira Guanabara .

Em 26 de agosto de 2019, o La Confiance das Antilhas Francesas (PAG) navegou de sua base em Dégrad-des-Cannes (Guiana) para seguir para a foz do mítico rio Amazonas. Após uma ancoragem noturna em frente à cidade de Macapá, a tripulação recebeu dois pilotos experientes a bordo pela extraordinária navegação que os esperava. Seguindo os passos do explorador português Pedro Teixeira, que fez a primeira ascensão européia deste rio, 380 anos antes, La Confianceembarcou na aventura. Depois de trinta horas navegando em águas confinadas em paisagens esplêndidas, o PAG chegou em segurança à cidade de Santarém, onde a água marrom, perturbada pelo aluvião da Amazônia, dá lugar à água azul de um de seus muitos afluentes, o rio Tapajós.

A hora de descobrir Santarém e seus arredores, e La Confiance sai por dois dias de densa navegação interior, em águas ainda mais selvagens. Convidados a bordo da travessia, o Adido Naval no Brasil, o Comandante Ravera e o Comandante da Base Naval Dégrad-des-Cannes, Comandante Vigouroux, também ficaram impressionados com a navegação sinuosa. De canoas de madeira atravessando o rio a aldeias sobre palafitas com vista para as margens, a mudança de cenário foi total.



Depois de participar do 4 º Distrito Naval da Marinha Belém brasileira uma reunião da cooperação franco-brasileira na presença do General de Exército Didier Looten, comandante sênior das Forças Armadas na Guiana Francesa, o Estado-Maior O Confiance foi convidado a participar do desfile organizado por ocasião do Dia Nacional do Brasil antes de partir para a Guiana.

Essa última navegação nas águas brasileiras foi uma oportunidade para organizar e realizar exercícios com a patrulha brasileira Guanabara . O exercício de visita cruzada e as evoluções táticas permitiram que as duas equipes comparassem suas técnicas e revisassem os conceitos básicos de navegação em grupo antes de se separarem para ingressar em seus respectivos portos de origem, com a experiência adquirida.

Em seu retorno a sua base em Dégrad-des-Cannes, o La Confiance havia percorrido 1130 milhas náuticas na Amazônia, completado 82 horas de navegação em águas confinadas e participado da cooperação entre as marinhas brasileira e francesa.

Fonte: Col Bleus

Ccom adição de fotos da Marinha do Brasil

Facebook Comments


Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close