MINISTRO DO IRAQUE REJEITA A PRESENÇA DE ISRAEL EM AÇÕES NO GOLFO PÉRSICO

  • Mohammed al-Hakim, inistro da Relações Exeriores do Iraque
  • Mohammed al-Hakim, inistro da Relações Exeriores do Iraque

O ministro das Relações Exteriores do Iraque, Mohammed al-Hakim, usou a sua conta oficial do Twitter para rejeitar a presença de forças israelenses em uma Força Tarefa (FT) multinacional liderada pelos Estados Unidos (EUA), para escoltar navios petroleiros e de carga pelo Golfo Pérsico.

Al-Hakim escreveu:

O Iraque rejeita a participação das forças sionistas em qualquer força militar para garantir a passagem de navios no Golfo Pérsico. Juntos, os estados árabes do Golfo são capazes de garantir a passagem de navios no Golfo. O Iraque busca reduzir as tensões em nossa região por meio de negociações calmas e a presença de forças ocidentais na região aumentará a tensão”



Leia também:

TRIPULAÇÃO DO NAVIO JAPONÊS ATINGIDO NO GOLFO DE ORMUZ, DESMENTE US NAVY E AFIRMA QUE NÃO HOUVE ATAQUE COM MINAS

O governo Trump está encontrando muita resistência das nações europeias e da Ásia (Japão) para formar a FT e pressionar o Irã a voltar a mesa de negociações. Entretanto, foram os próprios Estados Unidos que saíram unilateralmente do acordo com o Irã, conhecido como Joint Comprehensive Plan of Action (JCPOA) apesar da Agência Internacional de Energia Atômica afirmar categoricamente, que o país estava cumprindo rigorosamente as cláusulas do acordo.

Por Graan Barros

Facebook Comments


Compartilhe
Close