FORÇAS DE DEFESA DE ISRAEL LANÇAM MAIS UM ATAQUE A ALIADOS SÍRIOS EM DAMASCO

  • F-16 israel

Segundo fontes como a Israel defense Forces (IDF) e sites árabes que cobrem o conflito da Síria in loco, alvos, provavelmente ligados ao Irã, na Base Aérea de Mezzeh, ao Noroeste de Damasco, foram atacados por mísseis de cruzeiro israelenses. Há relatos de ataques também na cidade de Agrab.

Durante o ataque foram ouvidos grandes estrondos nos céus da cidade, talvez resultado dos impactos dos mísseis de defesa antiaérea de Damasco. Foram usados sistemas russos, entre eles o S-125 Pechora M-2. Autoridades militares sírias afirmam que a maioria dos mísseis israelenses foram abatidos, entretanto, como sempre acontece, haverá o confronto do que foi anunciado com as imagens de satélites mostrando o antes e o depois dos ataques.

O analista de defesa, Babak Taghvaee afirmou que as baterias antiaéres da síria estacionadas sobre as montanhas de Sahya, ao Sul de Damasco foi ativado contra uma segundo leva de mísseis, informação que daria base para notícia de um ataque ao sul.



Há poucos minutos, a IDF publicou a seguinte nota no seu Twitter oficial:

Acabamos de impedir um ataque em grande escala de vários drones [sic] assassinos em Israel, atacando agentes da Força Quds do Irã e alvos da milícia xiita na Síria.

Esse ataque de hoje e outros que têm ocorrido recentemente, fazem aumentar as dúvidas sobre quais os planos da Rússia na região e de quem a Rússia é realmente aliada. Outra questão: o S-300 foi instalado somente para proteger aeronaves da Força Aeroespacial da Rússia desdobrada na Síria?

Por Graan Barros

Matéria em constante atualização

Facebook Comments


Compartilhe
Close