EUA BOMBARDEIAM HTS (BRAÇO DA AL-QAEDA) E WHITE HELMETS, DOIS DE SEUS EX-ALIADOS NA SÍRIA

A aviação norte-americana lançou um ataque a um prédio localizado entre Maarrat Misrin e Idlib, na Síria. Segundo a inteligência americana, russa e do Exército Árabe Sírio, força regular do governo Bashar Al Assad, reuniam-se no local integrantes do grupo terrorista Harir Tahrir Al-Shan (um dos braços da Al-Qaeda) no conflito Sírio e membros da Hurras al-Din (Organização dos Guardiões da Religião).

O prédio foi totalmente destruído, provocando a morte dos 43 integrantes das duas organizações terroristas. Posteriormente, equipes dos White Helmets (Capacetes Brancos) iniciaram a tentativa de resgate dos seus aliados nos escombros.

Os autoproclamados defesa civil da Síria “White Helmets” ficaram conhecidos por divulgar vídeos de resgates “milagrosos”, onde apareciam na imprensa mundial sempre correndo com crianças no colo. Agora, estão encarando o resgate real de seus aliados.



Leia também: INVESTIGAÇÃO DESCOBRE CONLUIO ENTRE ARÁBIA SAUDITA, AL-QAEDA E EUA NO IÉMEM

Congressista americana cria lei que impede que governo americano ajude a Al-Qaeda na síria

Há algumas semanas, outra ação chamou a atenção, pois os Estados Unidos declararam ter realizado um ataque contra instalações do “Hay’at Tahrir al-Sham” (HTS), em Rif Al-Muhandiseen, província de Aleppo na Síria. O ataque revelou uma mudança de estratégia no conflito sírio, na qual os Estados Unidos parecem ter abandonado de vez alguns de seus aliados.

Posteriormente, o Ministério da Defesa da Rússia queixou-se da falta de aviso por parte dos americanos sobre o ataque, que segundo eles, atrapalhou o cessar fogo estabelecido em conjunto com as forças turcas.

Por Graan Barros

Facebook Comments


Compartilhe
Close