MARINHA DO BRASIL PARTICIPA DE LANÇAMENTO DE SUBMARINO NUCLEAR FRANCÊS

A cerimônia de lançamento do submarino nuclear de ataque “Suffren” aconteceu nesta sexta (12), em Cherbourg, na França, e contou com participação do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques.“A presença de representantes da Marinha no lançamento do submarino ‘Suffren’ é uma forma de reafirmar a importante parceria estratégica entre Brasil e França, fundamental para o Programa de Desenvolvimento de Submarinos, o Prosub, cujo objetivo final é a construção do primeiro submarino com propulsão nuclear brasileiro”, destacou o Almirante Ilques.Estiveram presentes ao evento o Presidente da França, Emmanuel Macron; a Ministra da Defesa da França; a Ministra da Defesa da Austrália; o Comandante da Marinha Nacional da França, Almirante Prazuk, o Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen; e demais autoridades.

Comandante da Marinha do Brasil com o da MarinhaNacional da França

Além da cerimônia de lançamento do submarino “Suffren”, o Almirante Ilques e o Almirante Olsen participaram de reuniões de trabalho com representantes da Austrália e da Polônia, além de membros da Marinha Nacional da França, da Naval Group e da Direção Geral de Armamento francesa (DGA).Desde 2008, Brasil e França possuem um acordo de transferência de tecnologia para o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub), que viabilizará a produção de quatro submarinos convencionais, que se somarão à frota dos cinco já existentes, e culminará na fabricação do primeiro com propulsão nuclear.

O “Suffren” é o primeiro submarino da Classe “Barracuda”

O Prosub

Em dezembro do ano passado, foi lançado ao mar o submarino “Riachuelo”, o primeiro dos quatro convencionais que estão sendo construídos pelo Prosub. Em 19 de junho deste ano, foi realizada a transferência das últimas seções do “Humaitá”, o segundo dos quatro submarinos convencionais desenvolvidos pelo Programa. O Prosub tem fortalecido a Defesa Nacional do Brasil com tecnologia de ponta, seguindo o que está previsto na Estratégia Nacional de Defesa, bem como o desenvolvimento da Base Industrial de Defesa, priorizando e incentivando a produção e o desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação Nacional com componentes e equipamentos fabricados para a construção dos submarinos.  

O submarino brasileiro “Riachuelo” foi lançado ao mar em dezembro de 2018

Fonte: MB

Você pode gostar...