CASCO DO EX-REBOCADOR ALMIRANTE GUILHEM DEVE SER VENDIDO NA SEXTA-FEIRA

Foto da Marinha do Brasil

Nos últimos dias, notícias sobre a baixa do serviço da ativa de importantes navios da Marinha do Brasil vêm assombrado os leitores de sites especializados em defesa. Esse leitores, infelizmente, são uma parcela muito pequena da população que sabe a importância que esses meios têm na proteção e na salvagarda dos interesses do Brasil no mar.

Leia também:

Mas, depois que esses navios dão baixa da Esquadra ou dos Distritos Navais a que são subordinados, restam-lhes dois destinos: a alienação (venda), ou o uso do casco para treinamento do setor operativo, transformando-os em alvos navais. Esse último, saibam, é um fim bastante honroso.

O destino do Rebocador de Alto-Mar “Almirante Guilhem”, que honrou durante 37 anos com seus serviços prestados no 4º Distrito Naval, será a alienação. A Emgepron marcou a licitação do seu casco para a próxima sexta-feira, dia 14 de junho, no Rio de Janeiro. O valor mímino será de R$ 400.000,00.

Por Graan Barros

Você pode gostar...