NAVIOS FRANCESES DA OPERAÇÃO JEANNE D’ARC 2019 CHEGAM AO RIO PARA PASSEX COM MARINHA DO BRASIL

  • Navios da França atracam no Rio de janeiro
  • General do Exército François Lecointre, Chefe do Estado Maior do Exército, presidiu, segunda-feira, 25 de fevereiro, 2019 , o início cerimonial do grupo "Joan of Arc em 2019"
  • Fragata La Fayette (F710)
  • Mission Jeanne D'Arc (escalas)

Hoje, chegou ao Rio de Janeiro um Grupo-Tarefa Anfíbio da Marine Nationale (França) para realizar manobras com a Marinha do Brasil, após ter contornado o Cabo da Boa Esperança no extremo sul da África, onde realizou execícios anfíbios com a Marinha da África do Sul. Anteriormente, realizou exercícios no Mediterrâneo, no Egito, no Djibouti e Madagascar.

O GT que é formado pelo BPC Tennerre, a Fragata LA Fayette (F710) e o Bâtiments de soutien et d’assistance métropolitains (BSAM) “Seine” cumpre no Brasil uma escala da Missão Jeanne D’Arc 2019, que têm dois objetivos principais: treinar aspirantes da Marine Nationale, assim como faz a Marinha do Brasil nas Operações Aspirantex realizadas anualmente, e estreitar laços com marinhas amigas.

Além dos navios, fazem parte dos exercícios um grupo tático do exército francês com 2 helicópteros Gazelle (Army Light Aviation) e 150 soldados com seus veículos vindos do 21º regimento de infantaria marinha (RIMa) e do 1º Regimento Estrangeiro de Engenharia (REG).



Depois do Brasil, o GT Anfíbio segue para as Antilhas, Colômbia, México e Estados Unidos.

Oficiais estrangeiros das marinhas da Austrália, Brasil, República Democrática do Congo, Egito, Marrocos e Reino Unido fazem parte da missão.

General do Exército François Lecointre, Chefe do Estado Maior do Exército, presidiu, segunda-feira, 25 de fevereiro, 2019 , o início cerimonial do grupo “Joan of Arc em 2019”

Fonte: Marinha do Brasil e Marine Nationale

 

Facebook Comments


Compartilhe
Close