MILITARES TREINAM ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR EM SITUAÇÕES TÁTICAS E DE COMBATE

  • Curso de Atendimento Pré-hospitalar (APH) Tático
Treinamento prevê situações envolvendo militares feridos a serem resgatados em áreas inóspitas

Militares do Esquadrão de Saúde e da Seção de Contraincendio da Guarnição de Aeronáutica de Santa Cruz (RJ) participaram, no período de 18 a 20 de março, de um curso de Atendimento Pré-hospitalar (APH) Tático. Na sequência, entre os dias 25 e 27, foi a vez do Hospital de Aeronáutica dos Afonsos (HAAF) oferecer o treinamento.

O APH tático é o atendimento de emergência pré-hospitalar específico de situações táticas ou de combate militar ou, ainda, situações envolvendo militares feridos a serem resgatados em áreas inóspitas. O curso, com foco na manutenção da vida humana em emprego operacional, prepara os militares para atuarem no cenário de operação real, como operações militares de vigilância em fronteira, Garantia da Lei e da Ordem (GLO), missões de paz e diversas outras, nas quais os militares precisam atuar para zelar a vida, seja dele mesmo ou de terceiro.



“O curso foi de extrema importância, pois agregou conhecimento para intervenções em cenários reais que poderão ocorrer com qualquer militar que atue diretamente na ponta da lança, seja em combate ou em situações de salvamento de vítimas civis em áreas inóspitas”, avalia o Sargento Igor da Silva de Andrade, da especialidade de enfermagem, que participou do curso em Santa Cruz.

A Capitão Médica Carla Isabel dos Santos Silvestre, do Esquadrão Puma (3°/8° GAV), também reitera a importância. “É um treinamento fundamental para equipe de resgate do esquadrão, pois estabelece condutas pertinentes ao atendimento pré-hospitalar de vítimas em diversas missões operacionais nas quais atuamos”, finaliza.

Nos Afonsos, o curso foi organizado pelos Tenentes Enfermeiros Jone Luiz Pereira de Souza e Fábio José de Almeida Guilherme, e ministrado pela Diretoria de Socorro de Emergência e da Seção de Ensino do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ).

O treinamento ofereceu instruções teóricas e práticas sobre APH tático por meio de situações realistas e estações práticas para técnicas de cuidado em saúde no ambiente; progressão em ambiente hostil e técnica de patrulha para uma tomada de decisão rápida e eficaz.

Fonte: Ala 12 e HAAF
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Gabrielli
Fotos: Ala 12 e Tenente Fábio / HAAF
Facebook Comments


Compartilhe
Close