RÚSSIA E TURQUIA COORDENAM ATAQUES CONTRA ALVOS DO HTS EM IDLIB

O Ministério da Defesa da Rússia informou em 13 de março que os recentes ataques aéreos contra a cidade síria de Idlib impediram que o Hay’at Tahrir al-Sham (HTS) lançasse um ataque de drones contra a base aérea russa Hmeimim. Os ataques aéreos supostamente destruíram vários depósitos de munição do grupo terrorista, onde drones armados estavam sendo armazenados.

“De acordo com informações, que foram verificadas através de muitos canais, os terroristas transportaram um grande lote de veículos aéreos armados sem nome (UAVs) para os depósitos de munição… Os terroristas planejavam usá-los em um ataque aéreo na base aérea de Hmeimim”, disse o Ministério da Defesa russo em sua declaração, de acordo com RT.

O Ministério da Defesa confirmou que todos os ataques aéreos no Idlib foram coordenados com a Turquia. Os dois países chegaram a um acordo para reduzir a situação no Idlib em setembro passado.



O HTS, que é o antigo ramo oficial da al-Qaeda na Síria, atacou a base aérea de Hmeimim com o cochilo dos drones suicidas DIY no ano passado. As Forças Aeroespaciais da Rússia conseguiram acabar com esses ataques em poucos meses.

Os ataques aéreos russos visavam o centro da cidade de Idlib e uma área a sudeste. Fontes da oposição síria disseram que um dos ataques aéreos atingiu as principais prisões da HTS, o que permitiu a centenas de detidos fugirem.

Os próximos dias provavelmente testemunharão operações similares, já que a liderança do HTS aparentemente ainda está determinada a sabotar o acordo entre a Rússia e a Turquia. 

Fonte: South Front

Facebook Comments


Compartilhe
Close