MINISTRO FINLANDÊS ACUSA A RÚSSIA DE JAMMEAR GPS DURANTE EXERCÍCIO DA OTAN

A Rússia foi acusada de “jammear” o sinal de GPS durante a realização do maior exercício militar da OTAN “Trident Juncture”, realizado entre os dias 25 de outubro e 7 de novembro em regiões da Noruega e Finlândia.

Os primeiros a darem o alerta foram os pilotos de aeronaves comerciais que pensaram que havia um problema técnico com o sistema de posicionamento global desenvolvido pelos EUA, o GPS..

No último dia 12, o primeiro-ministro finlandês, Juha Sipila, da Finlândia afirmou que não houve erro nos aparelhos, mas sim interferência de um agente externo, e possivelmente, segundo ele seria a Rússia a responsável.

A Noruega também relatou problemas de GPS, desta vez, no ano passado, durante os exercícios promovidos pela própria Rússia nas suas fronteiras norte-ocidentais com a Europa.

Avanços russos na Guerra Eletrônica (EW)

Um importante estudo publicado pelo Centro Internacional de Defesa e Segurança na Estônia, afirma que: “Os crescentes avanços tecnológicos da Rússia no EW permitirão que suas forças atinjam, perturbem e interfiram nas comunicações da OTAN, radar e outros sistemas de sensores, veículos aéreos não tripulados e outros ativos “.

Outros estudos estão sendo publicados, como o: Russia’s Electronic Warfare Capabilities to 2025: Challenging NATO in the Electromagnetic Spectrum, de autoria de Roger N. McDermott, pesquisador sênior para estudos militares estrangeiros da Washington DC Fundacion.

Atualmente, a Rússia possui o seu próprio sistema de navegação por constelação de satélites, o Glonass. A China também está o “Beidou” também em avançada implementação.

Por Graan Barros

Outras fontes:

https://www.dw.com/en/finland-to-probe-reports-of-russia-disrupting-gps-during-nato-drill/a-46253512

https://www.bbc.com/news/world-europe-46178940

https://www.bbc.co.uk/news/world-europe-41309290

Você pode gostar...