GRUPOS DE ATAQUE DOS PORTA-AVIÕES USS JOHN C. STENNIS (CVN 74) E USS RONALD REAGAN (CVN 76) OPERAM JUNTOS NO MAR DAS FILIPINAS

Grupo de ataque (Strike Group) formado pelos porta-aviões, Ronald Reagan e John C. Stennis estão realizando operações no Mar das Filipinas.

MAR DAS FILIPINAS – Dois Grupos de ataque (Strike Group) formado pelos porta-aviões, USS John C. Stennis (CVN 74) e USS Ronald Reagan (CVN 76) estão realizando operações no Mar das Filipinas.

Enquanto operam juntos, os dois grupos de ataque executarão operações complexas de guerra aérea, de superfície e antisubmarina em águas internacionais e no espaço aéreo.

“Reunir dois grupos de ataque de porta-aviões proporciona poder de combate naval inigualável, tremenda flexibilidade operacional e alcance em toda a região”, disse o vice-almirante Phil Sawyer, comandante da 7ª Frota dos EUA. “Isso mostra as nossas forças no seu melhor, operando com confiança no mar, e demonstra que a Marinha dos EUA vai voar, navegar e operar em qualquer lugar que a lei internacional permita.”

As unidades atribuídas a esses grupos de ataque conduzirão operações destinadas a demonstrar a capacidade única da Marinha de operar vários grupos de ataque de porta-aviões como um esforço coordenado de força de ataque.

Durante vários anos, os porta-aviões da Marinha dos EUA conduziram operações de dois grupos de ataque no Pacífico Ocidental, incluindo as águas em torno da Península da Coreia, Mar do Japão, Mar da China Meridional, Mar da China Oriental e Mar das Filipinas. Essas operações normalmente ocorrem quando grupos de ataque implantados na 7ª Frota da Costa Oeste dos Estados Unidos se juntam ao grupo de ataque avançado no Japão.

Antes de chegar ao Mar das Filipinas, Stennis executou duas operações do grupo de ataque com Carl Vinson no Havaí, incluindo operações de guerra de ataque e antisubmarina.

No ano passado, os porta-aviões USS Nimitz (CVN 68), o USS Ronald Reagan (CVN 76) e o USS Theodore Roosevelt (CVN 71) realizaram um exercício de força de ataque tripartido no Pacífico Ocidental. Em 2016, Ronald Reagan e o porta-aviões USS John C. Stennis (CVN 74) conduziram operações combinadas no Mar das Filipinas. Em setembro de 2014, os grupos de porta-aviões USS George Washington (CVN 73) e USS Carl Vinson (CVN 70) conduziram operações combinadas no Pacífico Ocidental e, em setembro de 2012, operaram no Mar do Sul da China e no Mar da China Oriental. Em 2009, George Washington e Nimitz operaram juntos no Pacífico Ocidental e no Valiant Shield 2007 e 2006 grupos de ataque de três porta-aviões operavam no Mar das Filipinas. Em 2001, as operações desses dois grupos de ataque combinaram 10 navios, aproximadamente 150 aeronaves e 12.600 militares.

F A-18 Super Hornet pousando USS Ronald Reagan (CVN 76), em 13.11.2018 (Marinha dos EUA MC1 Richard L.J. Gourley)

USS Chung-Hoon (DDG 93) e USS Spruance (DDG 111) em operações com o Carrier Strike Group 3., 12.11.2018 (Marinha dos EUA Foto Jeffery L. Southerland) (2)

USS John C. Stennis (CVN 74) atravessa o Oceano Pacífico em 9.11.2018 (Marinha dos EUA MC3 Connor D. Loessin)

Fonte: Marinha dos EUA

Você pode gostar...