SOLDADO NORTE-COREANO CONSEGUE FUGIR PARA A COREIA DO SUL (VÍDEO)

SEOUL, 21 de novembro (Yonhap) – Um soldado norte-coreano que foi gravemente ferido enquanto desertou para o sul na semana passada recuperou a consciência, disseram autoridades nesta terça-feira.

Funcionários do governo sul-coreano disseram que o soldado está acordado depois que ele foi submetido a duas grandes cirurgias no Hospital Universitário Ajou, em Suwon, ao sul de Seul.

“O soldado recuperou a consciência e ele pediu para assistir televisão”, afirmou o funcionário do governo sob condição de anonimato. “Para o conforto psicológico do soldado, mostramos o paciente filmes sul-coreanos e ele se recuperou o suficiente para assistir televisão”.

O soldado foi baleado cinco ou seis vezes no cotovelo, ombro e abdômen pelos guardas de fronteira da Coréia do Norte enquanto tentava atravessar a fronteira na aldeia de Panmunjeom na semana passada.

“O desertor é capaz de expressar seus pensamentos para a equipe médica”, disse o funcionário. “Neste momento, pensamos que o paciente superou uma condição séria”.

Para ajudar a estabilizar o estado psicológico do soldado, a equipe médica aparentemente pendurou a bandeira nacional sul-coreana em seu quarto de hospital, de acordo com o funcionário.

Embora houvesse relatos da mídia que o paciente se identificou como um soldado de 25 anos de sobrenome, Oh, autoridades militares da Coréia do Sul negaram esse relatório, dizendo que ainda não entrevistaram o soldado e verificaram sua identificação.

Enquanto isso, Lee Cook-jong, que conduziu a cirurgia no norte-coreano, planeja ter um briefing sobre a condição do paciente na quarta-feira. Seguindo o conselho de Lee, o time de interrogação conjunta da Coréia do Sul deverá questionar o soldado três ou quatro dias depois, de acordo com o funcionário.

Fonte: Yonhap News

 

Você pode gostar...