MARINHA DOS EUA RECEBE O NAVIO DE COMBATE LITORÂNEO USS OMAHA (LCS 12)

  • 170510-N-N0101-500
    170510-N-N0101-500 MOBILE, Ala. (May 10, 2017) The future littoral combat ship USS Omaha (LCS 12) returns to the Austal USA shipyard after successfully conducting acceptance trials. The trials consisted of a series of graded in-port and underway demonstrations for the Navy's Board of Inspection and Survey (INSURV). (U.S. Navy photo courtesy of Austal USA/Released)

MOBILE, Alabama. (NNS) – A Marinha aceitou a entrega do futuro navio de combate litorâneo USS Omaha (LCS 12) durante uma cerimônia em Mobile, Alabama, em 15 de setembro.

Esta entrega marca a transferência oficial do LCS 12 pelo construtor de navios Austal USA, para a Marinha. É o marco final antes do comissionamento, que está previsto para o início de 2018 em San Diego. “Hoje, é um marco significativo na vida do futuro USS Omaha para a Marinha[…]”, disse o capitão do programa LCS, Mike Taylor. “Estou ansioso para comemorar o comissionamento deste navio depois que ele sair da Austal e niciar o seu período de testes”.

Omaha é o 10º navio de combate Litorâneo a ser entregue à Marinha e a sexta variante da classe Independência a se juntar à frota. A variante Independence é conhecida pelo seu casco de trimaran exclusivo, habilidade para operar em altas velocidades e seu grande tamanho do convés de vôo. “Estamos ansiosos para receber o futuro USS Omaha na classe LCS”, disse o capitão Jordy Harrison, comandante, LCS Squadron 1 (COMLCSRON 1). “Os serviços do LCS está sendo requeridos em todo o mundo, e depois de ensaios adicionais de embarque e formação de tripulação, o Omaha vai se juntar à frota, servindo comandantes e combatentes em uma ampla gama de missões em todo o mundo”. O COMLCSRON 1 apoia os comandantes operacionais com navios de guerra prontos para a tarefa, equipando e mantendo navios de combate litorâneos na costa oeste.



Após o comissionamento, Omaha será atendido em San Diego com seus companheiros de navio USS Freedom (LCS 1), USS Independence (LCS 2), USS Fort Worth (LCS 3), USS Coronado (LCS 4), USS Jackson (LCS 6), USS Montgomery (LCS 8) e USS Gabrielle Giffords (LCS 10). A classe LCS consiste em duas variantes, a variante Freedom e a variante Independence, projetadas e construídas por duas equipes da indústria. A equipe da variante Freedom é liderada por Lockheed Martin, com a equipe de variantes da independência liderada pela Austal USA. Cada LCS será equipado com um pacote de missão composto por módulos de missão contendo sistemas de guerra e equipamentos de suporte. Uma equipe dedicada irá combinar com recursos de aviação para implantar veículos e sensores tripulados e não tripulados em apoio a contramedidas de minas, missões anti-submarinas ou de guerra de superfície.

Facebook Comments


Compartilhe
Close