ISRAEL PREVÊ EVACUAÇÕES EM MASSA NO CASO DE NOVA GUERRA CONTRA O HEZBOLLAH

  • Membros do Hezbollah (Hussein Malla)
  • _55020069_lbn_beirutairraid06_afp

Haverá evacuações em massa de israelenses do norte se houver outra guerra no Líbano devido a importantes mudanças regionais inesperadas, disse um oficial da Forças de Defesa de Israel (FDI).

O Comando das DFI estão preparando uma evacuação de um quarto dos moradores do norte de Israel no caso de uma terceira guerra no Líbano, de acordo com um relatório no Jerusalem Post .

“No passado, não pensávamos em precisar evacuar comunidades inteiras, mas agora entendemos que teremos que evacuar centenas de milhares de pessoas”, disse um oficial sênior da FDI.



“É impossível evacuar todo um milhão de moradores, mas estamos trabalhando com as comunidades, bem como com os serviços de emergência para preparar aqueles que vivem em comunidades diretamente na fronteira para a possibilidade de uma evacuação em massa”, acrescentou o oficial.

O plano de contingência do Home Front Command é baseado em avaliações atualizadas das várias mudanças geopolíticas regionais, particularmente na guerra civil de seis anos entre o regime sírio e diferentes facções rebeldes, muitas das quais lutam entre si.

“As mudanças nas fronteiras de Israel fizeram com que as FDI precisem se preparar para guerras contra grupos e não contra exércitos”, observou o oficial da FDI.

Membros do Hezbollah (Hussein Malla)

Israel tem de se preocupar com o envio contínuo de armas avançadas para o grupo terrorista libanês Hezbollah, do governo pró-sírio, à luz das recentes ameaças feitas pelo secretário-geral da organização, Hassan Nasrallah .

“Ouvimos tudo o que o Hassan Nasrallah do Hezbollah diz, e entendemos que há um significado real por trás de suas ameaças”, disse o oficial. Desde que as Nações Unidas determinaram o fim da Segunda Guerra do Líbano sob a Resolução 1701 do Conselho de Segurança da ONU, o Hezbollah reconstruiu seu arsenal de armas com mais de 100 mil foguetes de curto alcance e vários milhares de mísseis que podem chegar ao centro de Israel. Além disso, antes de deixar seu cargo, o ex- secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, expressou seu alarme sobre o apoio militar do Irã ao Hezbollah.

Fonte: WIN

Facebook Comments


Compartilhe
Close