CAÇAS F-22 “RAPTOR” ESTÃO PERDENDO O REVESTIMENTO DE ABSORÇÃO RADAR NA SÍRIA

  • f-22-696x557

Os caças Stealth “furtivos”, F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA (USAF), que estão participam na operação militar na Síria , já começaram a perder o seu revestimento de absorção de radar.

Conforme relatado pela Aviation Week, o revestimento de absorção de radar, que esconde o Raptor de radares,  está deformando e descascando. De acordo com a USAF, uma das razões deste problema são as condições climáticas que afetam a área de operações.

A alegação confirmada por John Cottam, chefe do programa F-22 da Lockheed Martin, observou que fatores externos, como chuva e areia, não só enrugam, mas fazem o revestimento descascar, transformando-o em seu estado líquido original.



Na verdade, este não é o primeiro problema experimentado pelo revestimento de absorção de radar do F-22: de acordo com  a Southfront.org, em 2009, pilotos norte-americanos se queixaram de que o revestimento desapareciam facilmente, quando entravam em contato com combustível e óleo lubrificante.

No entanto, a Lockheed Martin desenvolveu um novo revestimento mais resistente que será aplicada em todos os F-22 quando estiverem em manutenção. De acordo com estimativas preliminares, esse processo levará pelo menos três anos.

Notável, como este não é o primeiro problema que compromete invisibilidade do Raptor. Como já foi relatado recentemente um problema do sistema de uma armas afetou a área de reflexão de um F-22 Raptor pertencente a 43ª Esquadrão da Base Aérea de Tyndall (AFB), Florida. O problema foi corrigido no mês passado com uma solução de baixo custo desenvolvida por um piloto de 23 anos.

Essa solução, entretanto, não deverá ser usada para solucionar esse novo programa.

Fonte: The Aviation Geek Club

Foto: US Air Force

Facebook Comments


Compartilhe
Close